Entrevista: Eduardo Ismael Murguia

Solange Puntel Mostafa
2014 InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação  
Com Bacharelado em História pela Pontificia Universidad Católica Del Peru em 1981, Eduardo Ismael Murguia chega ao Brasil para cursar o mestrado em Biblioteconomia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas nos anos 1990 após estudar em Leeds, na Inglaterra onde cursou seus estudos de especialização na área informacional. Em Campinas desenvolve estudos ligados à história e filosofia da arte em nível de doutorado na Faculdade de Educação da UNICAMP ao lado de uma intensa e original
more » ... a e original preocupação com a epistemologia da Ciência da Informação revelada nas publicações dos anos noventa. Integra os pesquisadores da UNESP em Marília, SP durante os anos dois mil e aí consolida seu nome como um dos pensadores mais importantes na Ciência da Informação brasileira. O professor Eduardo faz uma passagem pela USP de Ribeirão Preto onde organiza seu livro 'Memória: um lugar de diálogo para Arquivos, Bibliotecas e Museus' organizando também uma interessante exposição sobre colecionismo. Com esta bagagem intelectual e sempre voltada para as relações entre Informação e Sociedade ele chega ao Rio de Janeiro para o estágio pós-doutoral no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e tecnologia (IBICT), onde ao longo de sua estadia, se inicia na leitura de Foucault, cuja influência nota-se nos seus trabalhos posteriores. Como resultado, seus interesses foram traduzidos no Colóquio 'Instituições, dispositivos e mediações', colóquio realizado pelo Centro de Altos Estudos em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN) do IBICT em 2010. Atualmente é professor efetivo, adjunto II, do Departamento de Ciência da Informação e do PPGCI da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde continua envolvido com a atividade que mais o preocupou ao longo de sua trajetória acadêmica, a formação e pesquisadores para nossa área. Suas pesquisas, no momento, estão voltadas para a história das instituições informacionais e a história das políticas de informação no Brasil. A entrevista a seguir contou com a colaboração da Profa. Dra. Solange Puntel Mostafa. Entrevista: Eduardo Ismael Murguia InCID: R. Ci. Inf. e Doc., Ribeirão Preto, v. 5, n. 2, p.164-184, set. 2014/fev. 2015.
doi:10.11606/issn.2178-2075.v5i2p164-184 fatcat:irasvitkjvdmtitkcspyuyahka