Desempenho de cordeiros provenientes de ovelhas de diferentes grupos genéticos e que foram submetidas ao flushing alimentar

Edson Luis de Azambuja Ribeiro, Rinaldo Masato Mori, Ivone Yurika Mizubuti, Leandro Das Dores Ferreira da Silva, Odimári Pricila Pires do Prado, Elzânia Sales Pereira, Andréa Pereira Pinto, Patrícia Guimarães Pimentel, Ricardo Fávero
2015 Semina: Ciências Agrárias  
Resumo Este estudo teve por objetivos avaliar o desempenho produtivo de cordeiros até o desmame, filhos de ovelhas de diferentes grupos genéticos e submetidas a diferentes suplementações alimentares antes e durante a estação de monta. Foram utilizados 126 cordeiros, sendo 11 ½ Corriedale + ½ Texel, 73 Hampshire Down, 26 Ile de France e 16 Suffolk, nascidos em dois anos consecutivos, provenientes de ovelhas submetidas a três tratamentos: T1 -sem suplementação, T2 -suplementação com 600 g de
more » ... o com 600 g de milho triturado por dia, e T3 -suplementação com 600 g de uma mistura de 75% de milho e 25% de farelo de soja; mantidas em pastagem de Coast-cross. Os dados de pesos e ganhos de peso foram analisados individualmente e por prole (soma dos gêmeos). O flushing não influenciou os pesos e ganhos de peso. Cordeiros gêmeos, na análise individual, apresentaram pesos e ganhos de pesos menores do que cordeiros únicos, porém, na análise por prole, na soma dos gêmeos observou-se maiores pesos e ganhos do que em cordeiros únicos. Verificaram-se diferenças nos pesos e ganhos de peso por influência dos grupos genéticos e por sexo, onde os machos foram mais pesados e ganharam mais peso do que as fêmeas. Cordeiros gêmeos apresentaram maior mortalidade que cordeiros únicos. Apesar do flushing prover maior produção de cordeiros, não se verificou um retorno econômico considerável. Conclui-se que o flushing alimentar não influencia o desempenho dos cordeiros, e que cordeiros gêmeos apresentam maior taxa de mortalidade que cordeiros únicos, sendo o flushing alimentar pouco viável economicamente. Abstract The objectives of this study were to analyze the productive performance of lambs, out of ewes of different genetic groups and submitted to different feeding managements before and during the mating season, from birth until weaning. One hundred and twenty-six lambs were used, from the genetic 1 Profs. Drs., Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 36, n. 2, p. 1031-1042, mar./abr. 2015 Ribeiro, E. L. de A. et al. groups ½ Corriedale + ½ Texel (11), Hampshire Down (73), Ile de France (26) and Suffolk (16), born in two consecutive years. The ewes were submitted to three feeding managements: T1 -without supplementation, T2 -supplemented with 600 g/day of corn grain, and T3 -supplemented with 600 g/ day of a ration containing 75% of corn and 25% of soybean meal. Body weight and weight gain were analysed individually and by litter size. Flushing did not influence weight and weight gain of lambs. Twin lambs, in the individual analysis, showed lower body weight and weight gain compared to single lambs, but in the analysis by litter size, the sum of the twin lambs showed greater body weight and weight gain compared to single lambs. Differences in body weight and weight gain were observed among the genetic groups and between the sexes, where males were heavier and presented greater weight gain. Twin lambs showed higher mortality than single lambs. Although flushing can provide greater number of lambs, a considerable profit was not verified. It is concluded that flushing do not influence in the performance of lambs, and that twin lambs show higher mortality than single ones, and flushing is not profitable.
doi:10.5433/1679-0359.2015v36n2p1031 fatcat:ucuxyfocrbd3jnalygyqujljxe