ARAUSIS: Sistema de simulação para manejo sustentável de florestas de Araucária

CARLOS ROBERTO SANQUETTA
1999 FLORESTA  
Este artigo apresenta um modelo de simulação para o manejo sustentável de Florestas Naturais de Araucária. Para validar o modelo foram utilizados dados advindos de três parcelas permanentes de um hectare, instaladas em 1995 e remedidas anualmente, situadas na Estação Experimental de São João do Triunfo, Centro-Sul do estado do Paraná. Informações sobre taxas de recrutamento, crescimento em diâmetro e mortalidade foram empregadas para o estudo, considerando a população de árvores com DAP acima
more » ... res com DAP acima de 10 cm. O modelo de simulação fundamentou-se na metodologia de matriz de transição, a qual considera um vetor de freqüências por classe de DAP inicial., probabilidade de transição de uma classe para outra e mortalidade para cada classe de diâmetro. Dez classes foram empregadas no estudo, considerando duas populações distintas: todas as espécies em conjunto (floresta) e a araucária em separado. Simulações feitas com o modelo para avaliar efeitos de práticas de manejo na floresta. Os resultados obtidos na simulação, apesar de preliminares, indicaram que as práticas de manejo permitidas pelos órgãos ambientais precisam ser revistas. Cortes seletivos de baixa magnitude em pequenos fragmentos florestais, como os que são geralmente praticados e permitidos por lei, não favorecem a regeneração natural do pinheiro, a principal espécie dentro da estrutura da floresta. O simulador ARAUSIS, imitando o que ocorre na natureza, indicou que é necessária a existência de perturbações mais severas e abertura de grandes clareiras na floresta para promover a regeneração natural do pinheiro. ARAUSIS: simulation system for sustainable management of araucaria forests Abstract This article presents a simulation model for the sustainable management of Araucaria Natural Forests. To validate the model, data coming from three permanent plots of one hectare each were used. The plots were established in 1995 in the Experimental Station at São João do Triunfo, Paraná State, and have been remeasured annually since then to provide figures on recruitment rates, tree diameter growth and mortality for individuals over 10 cm DBH. The simulation model was based on the transition matrix method, which considers a vector of initial frequencies by DBH class, transition probabilities of a class for other, and mortality, as well. Ten classes were used in this study, considering two different populations: all the species together (forest) and araucaria in separate. Model simulations were carried out to evaluate effects of logging practices in the forest. The results from simulations, despite of being preliminary ones, indicated that the management practices allowed by the environmental official institution in Paraná need to be reviewed. Selective logging of low magnitude in small forest fragments, as those that are generally practiced and allowed by the law, do not favor the natural regeneration of araucaria, the main species occurring in the forest. ARAUSIS simulator, imitating what happens in the reality, indicated that is necessary the existence of more severe disturbances and large openings in the forest to promote the natural regeneration of araucaria.
doi:10.5380/rf.v29i12.2321 fatcat:cohby2v6vrb3nnrufbmanhw53u