Bronchovascular fistula - complication of percutaneous central venous catheter (PICC) in a neonate

Cláudio D'Elia, Marta S. Correia, Suzana D. de Oliveira, Nilse M.M. Barbosa
2002 Jornal de Pediatria  
1. Mestre em Medicina pela UFRJ. Especialista em Pneumologia Pediátrica pela SBPT/SBP. Médico do IPPMG/UFRJ. 2. Enfermeira da TIPE -Hospital Panamericano. 3. Médica Intensivista da TIPE -Hospital Panamericano. 4. Chefe da UTI neonatal TIPE -Hospital Panamericano. Artigo submetido em 25.02.02, aceito em 22.05.02. Resumo Objetivos: relatar um caso em que ocorreu falso trajeto de cateter venoso central, com fístula vásculo-pulmonar e graves conseqüências respiratórias correlatas em recém-nascido.
more » ... em recém-nascido. Revisar a literatura sobre as complicações respiratórias e não respiratórias relacionadas à introdução de cateteres venosos centrais percutâneos em crianças. Descrição: dados clínicos evolutivos e diagnósticos foram obtidos após revisão do prontuário. O recém-nascido prematuro permaneceu em UTI neonatal após o parto para tratamento de doença da membrana hialina leve e de infecção manifestada posteriormente. No dia seguinte à introdução percutânea do cateter central, para a administração de nutrição parenteral, iniciou desconforto respiratório que progrediu rapidamente. Necessitou de ventilação mecânica para estabelecer troca gasosa adequada. A verificação da trajetória do cateter com o auxílio de contraste radiológico revelou a presença da complicação. Comentários: não são raras as complicações decorrentes da inserção de cateteres centrais, sendo a infecção a mais comum. É importante que os profissionais responsáveis pelos cuidados desses pacientes conheçam as várias outras complicações menos freqüentes, como a trombose vascular e a migração do cateter, com lesões de órgãos e coleções extravasculares de líquidos. Em recém-nascidos, existe apenas um único relato de complicação semelhante à verificada em nosso paciente. Sua raridade pode ter determinado dificuldades para o diagnóstico imediato. São enfatizados os aspectos relacionados aos cuidados, após a introdução destes cateteres, que poderiam facilitar o reconhecimento precoce destas complicações. J Pediatr (Rio J) 2002; 78 (4): 347-50: fístula brônquica, cateterismo, complicações, recém-nascidos. Abstract Objectives: to present a case of central venous line misplacement with bronchial fistula and severe respiratory consequences in a newborn. To review the literature concerning respiratory and nonrespiratory complications related to the introduction of percutaneously placed central venous lines in children.
doi:10.2223/jped.871 fatcat:oxglrr2obrdedbcvbdoa3u6k6m