ROSANA PAULINO: ARTE, CRÍTICA, SUBJETIVIDADE

Gustavo Dionísio, Gisele Sugawara
2019 Revista Gênero  
Visamos abordar questões relacionadas aetnicidade e gênero na produção de arte contemporânea no Brasil tomando como exemplo certas obras de Rosana Paulino (1967) que, particularmente, tematiza tais problemáticas ao tecer duras críticas ao racismo e ao machismo cotidianos. Trata-se de significativa valorização da poética afro-brasileira, assim como um resgate da história das mulheres negras no Brasil. Surge, tendo em vista que o campo da arte é produtor de subjetividade, uma forma de fazê-la
more » ... orma de fazê-la atrelada ao feminismo e antirracismo, isto é, toda uma dimensão necessariamente ético-política que ronda as criações da artista.
doi:10.22409/rg.v19i1.1193 fatcat:ofn2bhnw3rfb7cblnhmxshdsmu