Modelação de dados e produção de "realidades" na análise sociolinguística

Gredson dos SANTOS
2013 Revista do GEL  
O texto faz considerações críticas sobre o tratamento quantitativo dos dados no interior da sociolinguística e seu impacto na formulação de "realidades" no que tange ao espaço linguístico brasileiro. O trabalho comenta brevemente como as operações de seleção, tratamento, análise e interpretação de dados, segundo uma metodologia quantitativa, "forma­tam", em distintos graus de intensidade, o "real" que está no escopo da análise sociolinguística.
doaj:fa6c1558b2904b66995e0e62954b3225 fatcat:jhwnt3rzd5g6dc7vqn45fstmoe