O BRINCAR COMO DIÁLOGO/PERGUNTA E NÃO COMO RESPOSTA À PRÁTICA PEDAGÓGICA

Heloisa Dos Santos Simon, Elenor Kunz
2013 Movimento (ESEFID/UFRGS)  
O presente texto traz uma abordagem de fundamentação pedagógica sobre a relação entre o mundo de movimento da criança e a imaginação, e como essa relação pode ser transpassada para o ensino. Elementos da natureza, atividades com estórias, brincadeiras de faz de conta, atividades de circo e contação de histórias fomentam a liberdade, a vivacidade e a riqueza da imaginação no brincar-e-se-movimentar. Assim focamos no que é primordial, nos elementos primários que nos levam ao Ser do ser humano, à
more » ... r do ser humano, à sua consciência, ao outro, à arte, à natureza e à vida.
doi:10.22456/1982-8918.39749 fatcat:7j2odr2625gwbbczlk6vkmi7dq