Preditores da intenção de permanecer em distanciamento social

Gabriel Horn Iwaya, Janaína Gularte Cardoso, João Henriques de Sousa Júnior, Andrea Valéria Steil
2020 Revista de Administração Pública  
Resumo A presente pesquisa teve por objetivo desenvolver uma Escala de Intenção de Permanecer em Distanciamento Social (EIPDS) com base na Teoria do Comportamento Planejado (TCP). O modelo teórico estabelece que as variáveis "atitudes", "normas subjetivas" e "controle comportamental percebido" são preditoras da intenção de permanecer em distanciamento social (IPDS). O delineamento metodológico foi o de levantamento online com amostragem não probabilística. A pesquisa contou com 786
more » ... om 786 participantes brasileiros, majoritariamente residentes da região Sul do país. As variáveis da TCP explicaram 85% da variação da IPDS: normas subjetivas (β = 0,69), atitudes (β = 0,24) e controle comportamental percebido (β = 0,07). Os resultados evidenciam quais crenças subjacentes exercem influência sobre a formação da IPDS e podem servir às organizações públicas e privadas no processo de desenvolvimento de estratégias de promoção e engajamento da população na adoção do comportamento de "permanecer em distanciamento social" no Brasil. O trabalho apresenta as implicações práticas, as limitações da pesquisa e as possibilidades de estudos futuros sobre a IPDS.
doi:10.1590/0034-761220200177 fatcat:7xdjc5oex5a7pke7wh4sbj76jq