Antibiotic use in post-adenotonsillectomy morbidity: a randomized prospective study

Marja Michelin Guerra, Eduardo Garcia, Renata Ribeiro de Mendonça Pilan, Priscila Bogar Rapoport, Caio Barbosa Campanholo, Eli Onivaldo Martinelli
2008 Brazilian Journal of Otorhinolaryngology  
A tonsilectomia, associada ou não à adenoidectomia, continua a ser um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados mundialmente, incidindo principalmente sobre a população pediátrica. Objetivo: Investigar o impacto do uso da amoxacilina por 7 dias na recuperação pós adenoamigdalectomia, comparando os resultados com um grupo controle. Tipo de Estudo: Estudo prospectivo randomizado controlado com 120 pacientes. Pacientes e Método: Os pacientes foram randomizados ao tempo da cirurgia para receber
more » ... urgia para receber um curso de 7 dias de amoxacilina associada a analgésicos ou apenas analgésicos. Durante a primeira semana de pós-operatório foram avaliados o grau de dor, aceitação da via oral, náuseas e vômitos, febre e retorno às atividades. Resultados: Somente no 4º pós-operatório o grupo recebendo antibiótico teve uma diferença estatística significante no grau de dor. Não houve diferença entre os dois grupos para outros dados analisados. Conclusão: Considerando os resultados do nosso estudo e revisando a literatura sobre o uso de antibióticos, nós concordamos que não há nenhuma melhora na recuperação dos pacientes submetidos à adenoamigdalectomia após o uso de amoxicilina por 7 dias. Avaliação da antibioticoterapia na morbidade pósadenotonsilectomia: estudo prospectivo randomizado Palavras-chave: antibióticos, morbidade, tonsilectomia. original article artigo original Rev Bras Otorrinolaringol 2008;74(3):337-41.
doi:10.1016/s1808-8694(15)30565-6 pmid:18661005 fatcat:7rf6l7v4bvfb7eyar33o52r7fq