Limites e alternativas para a implementação de um programa para dependentes químicos em risco para infecção pelo HIV utilizando o conceito de Rede Social

Flavio Pechansky, Silvia C. Halpern, Mauro Soibelman, Carla Bicca, Cláudia Maciel Szobot, Ana Flávia Barros da Silva Lima, Akemi Scarlet Shiba
2001 Cadernos de Saúde Pública  
Os autores descrevem as etapas de execução de um programa de ações preventivas para usuários de drogas sob risco de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), utilizando como paradigma de intervenção um modelo de abordagem de redes sociais. São descritos os passos de instalação do projeto dentro de um grande hospital universitário do sul do Brasil, com ênfase nos métodos e técnicas originais desenvolvidos pela equipe de atendimento. As dificuldades de implementação do projeto são
more » ... do projeto são discutidas ao longo das seções, buscando identificar os motivos pelos quais o programa obteve êxito apenas parcial. Os autores destacam alguns pontos críticos, tais como a utilização de uma técnica ainda não difundida em nosso meio, a dificuldade de reter em tratamento usuários de drogas injetáveis, a falta de estrutura para atendimentos imediatos, e as dificuldades em motivar equipes e pacientes para o tratamento. Ao final do texto, são feitas sugestões com o objetivo de facilitar o desenvolvimento de novos projetos que busquem utilizar o mesmo modelo conceitual.
doi:10.1590/s0102-311x2001000100020 pmid:11241942 fatcat:2hra63zqd5fpvay4xuguqxsxsi