A emancipação do executivo de marketing

Raimar Richers
1993 RAE: Revista de Administração de Empresas  
Durante séculos, o comerciante foi visto como uma espécie de pária pela sociedade. Aos poucos, no entanto, ele se tornou mais aceito e respeitado, até emergir - mas isto só no século XX - no topo da empresa como executivo de marketing, com autonomia e poderes. O artigo descreve a lenta metamorfose desse processo e as mudanças pelas quais a sociedade tinha que passar, para torná-lo possível.
doi:10.1590/s0034-75901993000100007 fatcat:m32q5ui5d5cwrn4su5sgnw2wge