Educação e infanticídio

Leandro de Lajonquière
2009 Educação em Revista  
Problematiza-se a idéia corrente sobre o amor que os adultos de hoje professam a respeito das crianças, esclarecido graças à ciência. A diferença entre as figuras do estrangeiro, do selvagem e do extraterrestre, bem como o recurso ao raciocínio psicanalítico, permite ao autor elucidar os destinos possíveis que os adultos reservam fantasmaticamente às crianças. O destino de uma educação estaria, em parte, atrelado a cada uma dessas formas "adultas" de se receber uma criança no mundo.
doi:10.1590/s0102-46982009000100009 fatcat:vmbbfmqyizd3jb7p3lqtn3m3a4