SÍNTESE DE CATALISADORES DE NÍQUEL SUPORTADOS EM SI-MCM-41 A PARTIR DE DIFERENTES FONTES DE SÍLICA E SUA APLICAÇÃO NO PROCESSO DE REFORMA A SECO DO METANO PARA PRODUÇÃO DE GÁS DE SÍNTESE

Maiara Aguiar, Rodolfo Andrade Schaffner, Alan Marchesi Fortes, Helton José Alves
2018 Revista Brasileira de Energias Renováveis  
A produção de gás de síntese (CO + H2) por meio da reforma a seco do metano (RS) chama a atenção por utilizar dois gases de efeito estufa (CH4 e CO2). Os catalisadores heterogêneos são fundamentais para o desempenho da reação, com suportes que devem apresentar estabilidade mecânica e alta área específica A peneira molecular Si-MCM-41 tem despertado interesse quanto a essas características e dentre os reagentes para sua síntese está a fonte de sílica, geralmente sintética, que pode ser
more » ... pode ser substituída por uma fonte alternativa, como o resíduo agroindustrial cinza de casca de arroz (CCA), dando-lhe um aproveitamento sustentável e reduzindo custos do processo. Neste trabalho Si-MCM-41 sintetizada a partir de diferentes fontes de sílica foi avaliada como suporte de catalisadores de níquel em reação RS para produção de gás de síntese. Os suportes foram sintetizados utilizando como fonte de sílica tetraetil ortossilicato (TEOS) e CCA e impregnados com 50% de níquel. Para a RS, usou-se reator tubular de fluxo contínuo, mistura 1:1 de CH4:CO2, VHSV 30L.h-1.gcat-1,700°C, 4h. A caracterização dos materiais foi feita por fluorescência de raios X (CCA), microscopia eletrônica de varredura (suportes), difratometria de raios X (DRX) e fisissorção de N2 (suportes, catalisadores) e os produtos gasosos foram analisados por CG. Os suportes apresentaram propriedades características de Si-MCM-41 e o catalisador 50Ni/Si-MCM-41_TEOS apresentou melhor desempenho, com resultados de fração molar de 26% CO e 43,5% H2. Palavras Chave: Si-MCM-41, fontes de sílica, reforma a seco.
doi:10.5380/rber.v7i3.58316 fatcat:tbrtpzw67rdivpj63gm7r56mmm