Estresse térmico sobre a seleção da dieta por bovinos

Fernanda Altieri Ferreira, Roberta Passini, Laura Maria Oliveira Borgatti, Pedro Henrique Terêncio, Rondon Tatsuta Yamane Baptista de Souza, Paulo Henrique Mazza Rodrigues
2009 Acta Scientiarum: Animal Sciences  
Estresse térmico sobre a seleção da dieta por bovinos Estresse térmico sobre a seleção da dieta por bovinos Estresse térmico sobre a seleção da dieta por bovinos Estresse térmico sobre a seleção da dieta por bovinos RESUMO. A capacidade dos bovinos de selecionar volumoso e concentrado em suas dietas em função de diferentes temperaturas foi estudada em 12 vacas fistuladas, durante 30 dias. Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado com dois tratamentos: conforto (galpão, 21 o C) e
more » ... , 21 o C) e estresse (câmara bioclimática, 38 o C), sendo a dieta composta por cana-de-açúcar acrescida de ureia e concentrado, alimentos oferecidos separadamente e à vontade. A capacidade de seleção dos animais foi identificada pela comparação da composição da dieta selecionada nos dois diferentes ambientes, assim como pelos parâmetros ruminais e digestibilidade. Foi observada redução (p < 0,05) de 22% no consumo diário de matéria seca nos animais em estresse térmico, enquanto que a relação concentrado:volumoso selecionada foi semelhante em ambos os tratamentos. Os parâmetros de fermentação ruminal mantiveram-se iguais em ambos os tratamentos. Entretanto, a digestibilidade da matéria seca e algumas de suas frações foram diminuídas nos animais estressados. Concluise que os animais mantidos sob estresse térmico reduziram a ingestão total de matéria seca, sem alterar a concentração de energia ou de fibra das suas dietas, provavelmente na tentativa de manter estável o ambiente ruminal. Palavras-chave: consumo voluntário, conforto térmico, desconforto, escolha, ruminantes. ABSTRACT. Heat stress on diet selection by cattle. The ability of cattle to select the roughage and concentrate in their diets under different environmental temperatures was studied in 12 cannulated cows, during 30 days. The experimental design was completely randomized with two treatments: thermal comfort (21 o C) and thermal stress (climatic chamber, 38 o C). Cows were fed a diet of sugar cane plus urea and concentrate mixture, which were offered separately and ad libitum. The ability of cows to select their diets was identified by comparing the composition of diet selected in different environments, as weel as ruminal parameters and diet digestibility. A significant decrease (p < 0.05) of 22% on total dry matter intake was observed in animals kept under heat stress compared to animals kept under comfort temperature, while concentrate:roughage ratio chosen was similar for both treatments. Ruminal parameters were equal for both treatments, while digestibility of dry matter and some of its fraction were reduced in stressed animals. Animals under heat stress decreased dry matter intake without changing dietary energy or fiber levels, probably attempting to maintain the stability of ruminal environment.
doi:10.4025/actascianimsci.v31i3.6293 fatcat:tadhz4alajaqfl223pweuvf6nu