O Censo de 2010 e as Primeiras Leituras Sobre a Mobilidade Espacial da População na Região Metropolitana de Campinas

Henrique Frey, Ednelson Mariano Dota
2013 Mediações: Revista de Ciências Sociais  
RESUMO Neste artigo analisaremos as questões referentes à mobilidade espacial da população na Região Metropolitana de Campinas (RMC), enfatizando a relação entre localização da moradia e do emprego. Considerando a estreita relação entre a migração e a mobilidade pendular, enfatizamos como a migração intrametropolitana e o seu principal determinante, a produção do espaço urbano, ajudam-nos a entender o processo de localização espacial da população. O aumento da mobilidade ao longo das últimas
more » ... ongo das últimas décadas foi analisado em perspectiva comparada a partir dos quesitos sobre deslocamento pendular nos Censos Demográficos de 2000 e 2010. Deve-se ressaltar, ainda, que a manutenção da importância de Campinas para os deslocamentos diários e a alteração do peso destes fluxos para determinados municípios, podem estar associados a uma reorganização interna dos investimentos, da população e dos empregos. Palavras Palavras Palavras Palavras----chave: chave: chave: chave: Região metropolitana de Campinas. Mobilidade pendular. Migração intrametropolitana. Censo demográfico. 1 A versão preliminar deste artigo foi apresentada no V Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población (ALAP), em setembro de 2012. THE 2010 CENSUS AND THE FIRST READINGS ABOUT SPATIAL MOBILITY OF THE POPULATION IN THE METROPOLITAN AREA OF CAMPINAS ABSTRACT In this article the issues of spatial mobility of the population in the Metropolitan Area of Campinas (MAC) will be analyzed, emphasizing the relationship between location of residence and employment. Considering the close relationship between migration and commuting, we emphasize how intra-metropolitan migration and its main determinant, the production of urban space, help us understand the process of spatial localization of the population. The increase in mobility over the last decades has been analyzed from a comparative perspective on commuting data from the Demographic Censuses of 2000 and 2010. It should be emphasized that maintaining the importance of Campinas for daily commuting and change in flow amount for certain municipalities, may be associated with an internal reorganization of investment, population and employment.
doi:10.5433/2176-6665.2013v18n1p226 fatcat:fdscrvjo4zh3zmlfettu6ak6fu