Avaliação ergonômica do trabalho em indústria de aço inox: análise de condições psicofisiológicas

Maria Hilda Araújo Ribeiro, Graça de Fátima Pereira Almeida, Marcos Antonio Custódio Neto da Silva, Rebeca Costa Castelo Branco, Flávia Coelho Mohana Pinheiro, Maria do Desterro Soares Brandão Nascimento
2016 Revista Brasileira de Medicina do Trabalho  
Artigo originAl RESUMO | Contexto: Apresenta-se um método de intervenção ergonômica, em que são investigadas as condições psicofisiológicas do trabalho de operários em postos de trabalho em indústria de aço inox. Objetivo: Avaliar as condições de trabalho e propor sugestões que viabilizem um ambiente de trabalho ergonômico. Métodos: Estudo descritivo e retrospectivo obtido a partir de levantamento de dados de 47 funcionários oriundos de uma metalúrgica de aço inox, em São Luís, Maranhão, no
more » ... s, Maranhão, no período de janeiro a dezembro de 2011, através de visita técnica. Resultados: Nos postos de trabalhos observados neste estudo, o tipo de tarefa exercida é de livre postura, ora estando em pé, ora estando sentado ou semissentado. O tipo de banco utilizado é questionável, pois não possui nenhum encosto. Os problemas observados foram: acidentário e arquitetural, devido à falta de planejamento de espaços e ambientação agradáveis ao trabalho; biológico, pela sujeira acumulada e não adequação às normas de higiene; físico-ambiental, pela falta de iluminação suficiente para execução principalmente de trabalhos que requerem precisão; interfacial, sendo observadas as bancadas de trabalho e principalmente os bancos sem qualquer tipo de apoios para execução das tarefas; químico-ambiental, pela falta de limpeza no local de trabalho, expondo diariamente o trabalhador a substâncias pesadas prejudiciais à saúde. Conclusão: A pesquisa demonstra a fragilidade das condições de trabalho em uma empresa de São Luís. É importante realizar mudanças com vistas à garantia de melhores condições de serviço, de acordo com a ergonomia. Palavras-chave | exames médicos; engenharia humana; trabalho. ABSTRACT | Context: We present a method for ergonomic intervention, in which the psychophysiological work conditions of workers in the stainless steel industry are investigated. Objective: To assess the working conditions and provide suggestions to enable an ergonomic work environment. Methods: This was a descriptive, retrospective study obtained from survey data of 47 employees from a stainless steel smelter in São Luís, Maranhão, Brazil, from January to December 2011, trough technical visit. Results: In the workstations observed in this study, the body posture is free posture, sometimes in standing position, sitting or semi-sitting. The type of bank used is questionable, as there is no backrest. The observed problems were: accidental and architectural, due to the lack of planning space and pleasant work environment; biological, due to accumulated dirt and non-compliance with hygiene standards; physical and environmental, due to the lack of sufficient lighting especially in jobs requiring precision; interfacial, with work benches and especially banks without any kind of support for the execution of tasks; chemical and environmental, due to the lack of a clean workplace, exposing the worker to heavy substances harmful to health on a daily basis. Conclusion: The study shows the fragility of working conditions at a company in São Luís. It is important to make changes in order to guarantee better conditions of service, according to ergonomic principles.
doi:10.5327/z1679-443520164614 fatcat:wyjljpiztnfklhpccihbgmdifm