Impactos psicológicos do retorno às atividades laborais durante a pandemia COVID-19 em uma Policlínica Regional de Saúde na Bahia: um relato de experiência

Milena de Oliveira Silva, Rodrigo Oliveira Damasceno, Layla Dourado de Castro
2020 Research, Society and Development  
Descrever as possíveis influências do retorno às atividades laborais durante a pandemia COVID–19 na saúde mental de profissionais da enfermagem de uma Policlínica Regional de Saúde situada no interior da Bahia. Assim, utilizou-se do relato de experiência de abordagem qualitativa e natureza descritiva, cujo lócus de ação deu-se na Policlínica frente às atividades laborais de uma das autoras diante da pandemia, tendo como limite temporal março a agosto de 2020. A pandemia trouxe impactos na saúde
more » ... e impactos na saúde física e mental dos profissionais de saúde, principalmente no que tange à vivência contínua e exacerbada de emoções negativas. Dessa forma, no retorno às atividades laborais, as emoções que se destacaram foram a preocupação excessiva, o medo de se contaminar e de contaminar os familiares e insegurança pelo inesperado. Além disso, a rotina adotada pela unidade e a utilização maçante de Equipamento de Proteção Individual (EPI) geraram cansaço e esgotamento físico. Como forma de amenizar o medo, adotou-se uma rotina familiar drástica, evitando o contato próximo com familiares e com o passar do tempo, essas emoções foram substituídas pelo prazer em atender e reforçadas pelo reconhecimento da população, iniciando o processo de aceitação. Conclui-se que o medo de se contaminar e contaminar os familiares é a emoção mais expressa durante o retorno às atividades laborais, seguida das alterações drásticas na rotina diária e familiar. Contudo, diante desse "novo normal", é relevante a expansão de metodologias interdisciplinares em prol da promoção da saúde dos profissionais de saúde, como a psicoterapia e o trabalho grupal.
doi:10.33448/rsd-v9i11.9372 fatcat:ma6qhs6am5gnrjjc2y5rlcicba