Utilização de fósforo do solo e do fertilizante por tomateiro

Felipe Carlos Alvarez V., Robson Rui Cotrim Duete, Takashi Muraoka, Washington Luiz Cotrim Duete, Cassio Hamilton Abreu Jr.
2002 Scientia Agricola  
O fósforo, embora seja o macronutriente em menor concentração na maioria das culturas, é o mais aplicado como fertilizante mineral, constituindo uma parcela significativa do custo de produção agrícola. O conhecimento das diferenças entre variedades de plantas em relação à absorção do fósforo do solo e do fertilizante torna-se de grande importância para programas de melhoramento e manejo da adubação fosfatada. Utilizando a técnica do traçador radioativo 32P, foram avaliadas as diferenças na
more » ... diferenças na absorção de fósforo proveniente do solo e do fertilizante (superfosfato triplo), na disponibilidade de P do solo pelos valores L e A e nas eficiências fisiológica, ecofisiológica e agronômica do nutriente pelas variedades comerciais de tomate (Licopersicum esculentum Will) Santa Clara e Santa Cruz. Conduziu-se um experimento em condições de casa de vegetação com dois solos (Latossolo Vermelho distrófico e Latossolo Vermelho-Amarelo eutrófico) e dois níveis de P (0 e 31,1 mg kg-1). A resposta das plantas foi diferente nos dois solos e em concordância com suas características. Houve aumentos significativos, em ambos os solos, na produção de matéria seca, no valor L e na absorção de P do solo devido à aplicação do fertilizante mineral, mas não no valor A. Diferenças entre variedades quanto à produção de matéria seca, concentração de fósforo, eficiência fisiológica, ecofisiológica e agronômica foram mais marcadas no solo Latossolo Vermelho-Amarelo eutrófico. Não houve diferenças entre as variedades na absorção de P do solo e do fertilizante, valores L e A.
doi:10.1590/s0103-90162002000100024 fatcat:r2bcqeb655hhhaqq4mf4f5z5ny