TRADIÇÃO E SOCIALIZAÇÃO NOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ DE UBERABA-MG: ANÁLISE BIOECOLÓGICA DOS PERCURSOS RELIGIOSOS

Fabio Scorsolini-Comin, Ariadne Christie Silva Ribeiro, Ronan da Silva Parreira Gaia
2020 Psicologia & Sociedade  
Resumo Este estudo teve por objetivo compreender, a partir de uma análise bioecológica, como se dão as relações entre tradição e sociabilidade em terreiros de Candomblé da cidade de Uberaba-MG, Brasil, a partir das narrativas desenvolvimentais de seus adeptos. Foram entrevistados 14 adeptos de dois terreiros de nações diferentes (Ketu e Efon), com pelo menos sete anos de iniciação. Os resultados indicaram forte tradição e transmissão geracional e oral de conhecimentos. As relações interpessoais
more » ... ações interpessoais nos terreiros são fraternas e resgatam elementos da hierarquia familiar, com forte percepção do apoio social dessa rede. Os entrevistados, pelo tempo de iniciação, assumem a responsabilidade de transmitir os conhecimentos religiosos, preservando a tradição. Este estudo evidenciou como as noções de tradição e sociabilidade atravessam os processos desenvolvimentais dos adeptos do Candomblé, permitindo a construção de normas, relações e itinerários que encontram nas comunidades de referência um espaço de acolhimento e pertencimento.
doi:10.1590/1807-0310/2020v32223042 fatcat:dycusaan2rfoxeguu3xhgubgoi