Índices de conforto térmico para bovinos de leite em Santa Catarina Sul do Brasil

Andressa Kemer, Carine Lisete Glienke, Leosane Cristina Bosco
2020 Brazilian Journal of Development  
RESUMO Santa Catarina possui participação efetiva na produção leiteira do país, sendo esta uma atividade com elevada importância no cenário agropecuário nacional. Trata-se de uma atividade bastante variável e altamente influenciada por condições ambientais, o que torna difícil a padronização de informações sobre o assunto. O objetivo desse estudo foi caracterizar a condição térmica do ambiente para a bovinocultura leiteira no estado de Santa Catarina. Foram calculados o Índice de Temperatura e
more » ... e de Temperatura e Umidade (ITU) e o Declínio da produção de Leite (DPL) em três níveis médios de produção, para oito regiões do estado no período de 2008 a 2016, com a identificação da ocorrência de períodos críticos para a produção. Os valores médios de ITU encontrados não ultrapassaram o limiar de tolerância para os bovinos (75), mostrando-se favoráveis à produção leiteira. A maior incidência de ITU médios próximos daqueles classificados como alerta aos produtores concentraram-se nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro. O ITU máximo foi 94 para a região 2C/3C, enquanto que em outras regiões, mesmo nos meses mais quentes do ano, o ITU médio manteve-se abaixo de 66 (região 4A). Em relação ao DPL, evidenciou-se o fato de que quanto mais produtivo for o animal, mais propenso estará ao declínio causado pelo estresse térmico. Para vacas com produção média normal de 10, 20 e 30 kg.dia-1 o valor de ITU quando se iniciaram perdas na produção foi de 71,6, 72,3 e 74,5 respectivamente. Não foram identificados longos períodos considerados críticos a produção, apenas episódios isolados temporal e geograficamente. Embora o cenário climático no estado Catarinense tenha se mostrado positivo para a atividade, houveram períodos críticos, que certamente refletem em perdas na produção. Sendo assim, torna-se indispensável aliar a conjuntura do local com estratégias de manejo adequadas, visando maximizar o potencial do sistema de produção escolhido. Palavras-Chave: Bioclimatologia. Declínio na produção de leite. Índice de temperatura e umidade. ABSTRACT Santa Catarina has an effective participation in the milk production of the country, being an activity with high importance in the national agricultural scenario. It is a very variable activity and highly influenced by environmental conditions, which makes it difficult to standardize information on the subject. The objective of this study was to characterize the thermal condition of the environment for dairy cattle in the state of Santa Catarina. The Temperature and Humidity Index (ITU) and the Milk Production Decline (DPL) estimate were calculated at three average levels of production for eight regions of the state from 2008 to 2016, at the end, the occurrence was identified of critical periods for production. The mean values of ITU found did not exceed the tolerance threshold for cattle (75), and were favorable for milk production. The highest incidence of average ITU values close to those classified as alert to producers was concentrated in the months of December, January and February. The maximum ITU value recorded was 94, while in other regions, even in the hottest months of the year, the average ITU remained below 66. In relation to the DPL, the fact that the more productive the animal, the more prone it will be to the decline caused by thermal stress. It was observed that for cows with normal production of 10, 20 and 30 kg.dia-1 the value of ITU where production losses were initiated was 71.6, 72.3 and 74.5, respectively. No long periods were considered critical production, only episodes isolated temporal and geographically. Although the climatic scenario in the state of Santa Catarina was positive for the activity, there were critical periods, which certainly reflect losses in production. Therefore, it is indispensable to combine the local context with adequate management strategies, to maximize the potential of the chosen production system.
doi:10.34117/bjdv6n5-426 fatcat:arqzbqybzbfrrjbwndkoa3li3m