Cidades, consensos internacionais e circulação de ideias
Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

Gisele Rosário Medeiros, Programa de pós-graduação em gestão urbana, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba, Paraná - Brasil.
2019 Revista Políticas Públicas & Cidades  
Resumo Disparidades nos padrões de urbanização em nível global exigiram a atuação de organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU), formulando diretrizes a serem idealmente adotadas universalmente. Essa atuação sugere um acatamento nos níveis nacional e local de soluções ditadas em estruturas multilaterais de países e de diversos agentes, constituindo um processo de circulação de ideias sobre cidades, que ora configura-se em possíveis internalizações de princípios e, ora
more » ... e princípios e, ora em retórica de reduzida consecução. A prioridade analítica desse artigo recai sobre os consensos internacionais resultantes das Conferências ONU Habitat I, II e III; englobando: suas ideias; a transformação da noção de desenvolvimento; os atores; e os formatos de internalização por meio de Difusão, Convergência e Aprendizagem. Trata-se de um ensaio que indica que o processo de internalização proveniente de diálogos interinstitucionais no âmbito dos consensos internacionais, e que se veem reproduzidos nas cidades, de forma ambígua, se mostra frágil, considerando as múltiplas especificidades, os agentes, e os interesses em nível nacional e local. Abstract Disparities in urbanization patterns at the global level demanded the action of international organizations, such as the United Nations (UN), formulating guidelines to be ideally adopted universally. This action implies a compliance at national and local levels of solutions dictated in multilateral structures of countries and various agents, constituting a process of circulation of ideas about cities, which sometimes configures possible internalizations of principles and occasionally in low achievement rhetoric. The analytical priority of this paper lies in the international consensus resulting from the UN Habitat I, II and III Conferences; encompassing: the ideas and the transformation of the notion of development; the actors; and the internalization formats through Diffusion, Convergence and Lesson-drawing. This is an essay that indicates that the process of internalization arising from interinstitutional dialogues within the framework of the international consensus, and that are reproduced in cities, ambiguously is fragile, considering the multiple specificities, agents, and interests at national and local level.
doi:10.23900/2359-1552v4n4-1-2019 fatcat:tocknvghuvbg5enrszztvlnb3q