Abdominal radiograph in the assessment of fecal impaction in children with functional constipation: comparing three scoring systems

Tatyana Borges da Cunha, Soraia Tahan, Maria de Fátima de Faria Soares, Henrique Manoel Lederman, Mauro Batista de Morais
2012 Jornal de Pediatria  
Objectives: To compare three radiological scores in the study of fecal impaction in children with constipation. To investigate whether these radiological scores are useful in the assessment of fecal disimpaction therapy and if they present a relation with total colonic transit time. Methods: The Barr, Blethyn and Leech scores were measured by three observers, independently, in 123 abdominal radiographs. Interobserver agreement in the diagnosis of fecal impaction was calculated for the three
more » ... d for the three scores. In 30 radiographs, the analysis of the scores was performed before and after fecal disimpaction. Total colonic transit time was calculated in 59 radiographs with the use of radiopaque markers. Results: The agreement between pairs of observers was assessed by the kappa coefficient and was good for the Barr (0.56, 0.59 and 0.69) and Leech scores (0.53, 0.58 and 0.61). The Blethyn score presented lower kappa coefficients (0.26, 0.32 and 0.36). In the comparison of methods, Leech and Barr showed a good correlation. After fecal disimpaction, there was a statistically significant reduction (p < 0.001) of scores, most significantly with the Barr score. There was no relation between radiographic scores and colonic transit time. Conclusions: There is no relation between fecal impaction assessed by radiography of the abdomen and total colonic transit time. Plain radiographs may be a useful tool for the diagnosis of fecal impaction. The Barr score can be considered a good method of analysis, especially to assess the response to treatment of fecal impaction. J Pediatr (Rio J). 2012;88(4):317-22: Intestinal constipation, fecal impaction, abdominal radiograph, methods, child. Resumo Objetivos: Comparar três escores radiológicos na pesquisa de impactação fecal em crianças com constipação intestinal. Verificar, ainda, se estes escores radiológicos são úteis na avaliação da terapia de desimpactação fecal e se apresentam relação com o tempo de trânsito colônico total. Material e métodos: Os escores de Barr, Blethyn e Leech foram aferidos por três observadores, de forma independente, em 123 radiografias de abdome. A concordância interobservador no diagnóstico da impactação fecal foi calculada para os três escores. Em 30 radiografias, foi feita a análise dos escores antes e após a desimpactação fecal. O tempo de trânsito colônico total foi calculado em 59 radiografias com o emprego de marcadores radiopacos. Resultados: A concordância entre os pares de observadores, avaliada pelo coeficiente de Kappa, foi boa para os escores de Barr (0,56, 0,59 e 0,69) e Leech (0,53, 0,58 e 0,61). O escore de Blethyn apresentou menores coeficientes de Kappa (0,26, 0,32 e 0,36). Na comparação dos métodos, Leech e Barr mostraram boa correlação. Após a desimpactação fecal, houve redução estatisticamente significante (p < 0,001) dos escores, mais expressiva com o escore de Barr. Não houve relação entre os escores radiológicos e o tempo de trânsito colônico. Conclusões: Não há relação entre impactação fecal avaliada pela radiografia de abdome e o tempo de trânsito colônico total. A radiografia simples pode ser um instrumento útil ao diagnóstico da impactação fecal. O escore de Barr pode ser considerado um bom método de análise, sobretudo para avaliação da resposta ao tratamento da impactação fecal. J Pediatr (Rio J). 2012;88(4):317-22: Constipação intestinal, impactação fecal, criança, radiografia abdominal, métodos. Abdominal radiograph in the assessment of fecal impaction in children with functional constipation: comparing three scoring systems Radiografia simples de abdome no diagnóstico da impactação fecal em crianças com constipação intestinal: comparação entre três escores radiológicos Não foram declarados conflitos de interesse associados à publicação deste artigo. Como citar este artigo: da Cunha TB, Tahan S, Soares MF, Lederman HM, de Morais MB. Abdominal radiograph in the assessment of fecal impaction in children with functional constipation: comparing three scoring systems. J Pediatr (Rio J). 2012;88(4):317-22. Artigo submetido em 13.01.12, aceito em 28.03.12. http://dx. Introdução Constipação crônica pode determinar incontinência fecal por retenção que ocasiona redução na qualidade de vida, faltas escolares, discriminação em ambientes sociais e baixa autoestima 1-5 . A caracterização da impactação fecal seguida do esvaziamento efetivo do cólon é considerada um dos fundamentos indispensáveis para o sucesso do tratamento da constipação intestinal 1,2 . Nem sempre o exame físico mostra sinais claros de impactação fecal. A palpação Artigo originAl
doi:10.2223/jped.2199 pmid:22915308 fatcat:k2y6zwhzrrh3zicyrlfzmk4qi4