Nível de informação a respeito de medicamentos prescritos a pacientes ambulatoriais de hospital universitário

Tatiane da Silva, Eloir Paulo Schenkel, Sotero Serrate Mengue
2000 Cadernos de Saúde Pública  
A ausência de informações acerca dos medicamentos constitui uma das principais razões pelas quais 30% a 50% dos pacientes não os usam conforme a prescrição. Com o objetivo de aferir o conhecimento relativo aos medicamentos prescritos, pacientes atendidos no ambulatório de Medicina Interna de um hospital universitário foram entrevistados após a consulta médica. O nível de informação foi verificado mediante perguntas relativas ao nome do medicamento, indicação, dose, freqüência de uso, duração do
more » ... de uso, duração do tratamento, efeitos adversos e precauções. As respostas foram comparadas com a receita médica e com o prontuário do paciente. Do total de 264 pacientes entrevistados, 34% obtiveram bom nível de conhecimento. Em 31% dos casos, o nome do medicamento foi declarado incorretamente e, em 19%, a indicação de uso declarada pelo paciente discordou da indicação médica. No que se refere à dose e freqüência de administração, 19% e 31% das respostas, respectivamente, discordaram da prescrição médica. Os resultados sugerem que a maioria dos pacientes possui suficiente nível de informação para a utilização segura dos medicamentos prescritos sob condições ambulatoriais ideais.
doi:10.1590/s0102-311x2000000200015 pmid:10883043 fatcat:6t7u6v3ytvcgxeldkfsb6wteay