Estudos hidrologicos e efeitos da urbanizacao na bacia do arroio da Ronda em Ponta Grossa – Parana

Aleksander Schmidt DIEDRICHS, Alceu Gomes de ANDRADE FILHO, Carlos Roberto BALARIM
2009 Publicatio UEPG - Ciencias Exatas e da Terra Agrarias e Engenharias  
RESUMO Um dos maiores problemas enfrentados pela população das grandes cidades brasileiras reside no controle de enchentes urbanas consequentes do aumento da taxa de impermeabilização do solo imposto pelo descontrolado aumento da urbanização. Realizou-se a análise dos hidrogramas em face de duas situações: antes e após a urbanização. A metodologia adotada baseou-se na caracterização fi siográfi ca da bacia do Arroio da Ronda, em Ponta Grossa; a seguir, foram construídos os hidrogramas
more » ... drogramas unitários, as tormentas críticas, os hidrogramas de enchente nas situações antes e após a urbanização e, fi nalmente, foram efetuadas a sobreposição e a análise dos hidrogramas resultantes. A obtenção dos hidrogramas unitários e de enchentes foi realizada com base no método do CUHP (Colorado Urban Hydrograph Procedure), proposto em 1984 pelo Conselho Governamental da Região de Denver, no Colorado (EUA). De posse dos hidrogramas, foram então feitas sobreposições dos mesmos com o intuito de analisá-los mediante às situações de pré e pós-urbanização. Os resultados revelaram, na bacia estudada, um relevo bastante acidentado, principalmente nas encostas, com uma atenuação do perfi l ao longo do curso e a existência de grandes vazios urbanos na zona central de Ponta Grossa, cujo aumento da taxa de impermeabilização dos solos eleva o pico de vazão do hidrograma e também reduz o tempo de concentração da bacia. Esses resultados demonstram o quanto as ações antrópicas infl uenciam nas características hidrológicas de uma bacia urbana. Palavras-chave: Enchentes urbanas. Hidrogramas. Taxa de impermeabilização.
doi:10.5212/publ.exatas.v.15i1.025037 fatcat:nvhyg6uhj5b7niq7eikzpujf3a