INFLUÊNCIA DO TAMANHO DA PARTÍCULA NA FLOTAÇÃO COM AMINA

João Lucas O. Barbosa, Carlos Adolpho Magalhães Baltar
2012 Holos  
A flotação de finos é um problema conhecido, especialmente, quando se usa um coletor que se adsorve por atração eletrostática. Nesse trabalho estudou-se a influência da granulometria na flotação catiônica do quartzo. Usou-se uma dodecilamina (DDA) e o metilisobutilcarbinol (MIBC) como coletor e espumante, respectivamente. Os testes foram realizados em célula mecânica convencional e os resultados foram avaliados em termos da percentagem em peso obtida no flotado. Os resultados evidenciaram a
more » ... evidenciaram a maior dificuldade de flotação das partículas finas. A amostra com tamanho médio de 42 µm, flotou praticamente toda com apenas dois minutos de flotação, enquanto a amostra mais fina (d50=17 µm) teve uma recuperação de apenas 25% no mesmo período. A dificuldade é atribuída a uma menor densidade de adsorção do coletor nas partículas mais finas devido à maior área superficial. No entanto, a recuperação aumentou para aproximadamente 77% com o prolongamento do tempo de flotação e chegou a 95% com o aumento da concentração do coletor.
doi:10.15628/holos.2012.1120 fatcat:c3emejirqreihczl4fmrao6rem