Uma leitUra de "O desenhO nO tapete" de henry James e A ViAgem de inVerno de GeOrGes perec

Renata Lopes, Araujo
unpublished
RESUMO: O objetivo deste artigo é o estabelecimento de pontos em comum entre a novela do escritor americano Henry James intitulada "O desenho do tapete" e de A viagem de inverno, texto do francês Georges Perec. Preocupados em fazer com que o leitor saia de sua habitual zona de conforto, os dois textos trabalham com o modo como lemos, expondo pressupostos de leitura habituais e seus problemas. PALAVRAS-CHAVE: Henry James. Georges Perec. Teoria da recepção. O papel do leitor. "O desenho do
more » ... (JAMES, 1993) é considerado até hoje um dos textos mais enigmáticos do escritor Henry James (1843-1916). Verdadeira busca do Graal, o leitor é levado a seguir um narrador obcecado na procura de algo que, para ele, se esconde nas linhas do texto. Algo análogo também acontece em um texto do autor francês Georges Perec (1936-1982), A viagem de inverno (PEREC, 2004), escrito muitos anos mais tarde. Mas as semelhanças não param ai, pois ambos contêm igualmente verdadeiras poéticas de leitura nas quais certos modos de ler são expostos, bem como seus problemas; os dois textos obrigam o leitor a ler ao contrário de sua perspectiva habitual, e cobram deste um posicionamento ativo, para que se torne parte daquilo que lê. A narrativa de James, publicada em 1896, conta a estória de um jovem crítico que recebe a incumbência de escrever um artigo sobre o livro mais recente de Hugh Vereker, um renomado escritor. Mas o texto não agrada a Vereker, pois não conseguira, tal como todos os outros escritos críticos até então, identificar o * Doutora em Letras.
fatcat:a6dxsjrf6vc47gby4kod7qtahm