RECURSOS INTERPESSOAIS DA LINGUAGEM EM CARTA ABERTA NA PERSPECTIVA SISTÊMICO-FUNCIONAL

Cristiane Fuzer, Andriele Gonçalves
unpublished
Resumo: Este artigo tem por objetivo investigar o funcionamento de recursos interpessoais da linguagem tipicamente usados em cartas abertas. O trabalho fundamenta-se em pressupostos teóricos da Gramática Sistêmico-Funcional (GSF), de Halliday (1994), Halliday e Matthiessen (2004). Foram analisadas 18 cartas abertas coletadas em sites da internet. Os procedimentos de análise envolveu descrição das variáveis do contexto campo, relações e modo, e com foco na variável relações, análise de
more » ... nálise de ocorrências de elementos linguísticos que realizam a metafunção interpessoal, especificamente vocativo e modalidade (modalização e modulação). A análise mostrou que, no corpus, os participantes mais frequentes, no papel de remetentes, são professores, políticos e jornalistas e, no papel de destinatários, políticos e a população brasileira. Vocativos são usados para estabelecer interação direta entre os participantes no texto. Propostas e reivindicações são realizadas menos por comandos explícitos e mais por metáforas interpessoais, principalmente por meio de modulações, o que indica expansão dialógica e produz efeito de polidez perante o destinatário. Dessa forma, recursos interpessoais contribuem para sinalizar maior ou menor distância social na interação entre o(s) remetente(s) e o(s) destinatário(s). Palavras-chave: Gramática Sistêmico-Funcional, Metafunção interpessoal, Carta aberta. Abstract: This article aims to investigate the function of interpersonal resources of language typically used in open letters. The work is based on the theoretical assumptions of Systemic Functional Grammar (GSF) by Halliday (1994), Halliday and Matthiessen (2004). We analyzed 18 open letters collected on Internet websites. The analysis procedures involved description of the context variables field, tenor and mode focusing in relational variable, specifically vocative and modality (modalization and modulation). The analysis showed that in the corpus the most frequent participants in the role of senders are teachers, politicians and journalists, and the role of receiver belongs to politicians and the Brazilian population. Vocatives are used to establish direct interaction between participants in the text. Proposals and claims are held lesser by explicit commands and more by interpersonal metaphors, mainly through modulations, indicating dialogic expansion and producing a politeness effect to the receiver. Thus, interpersonal resources contribute to indicate greater or lesser social distance in interactions between the sender(s) and the receiver(s).
fatcat:yrk5bpbgzfgmjb4si5kznfk7su