Resistência mediada por aleloquímicos de genótipos de tomateiro à mosca-branca e ao ácaro-rajado

Vanisse de Fátima Silva, Wilson Roberto Maluf, Maria das Graças Cardoso, Álvaro Carlos Gonçalves Neto, Gabriel Mascarenhas Maciel, Daniela Aparecida Castro Nízio, Vânia Aparecida Silva
2009 Pesquisa Agropecuária Brasileira  
O objetivo deste trabalho foi comparar os graus de resistência à mosca-branca (Bemisia argentifolii) e ao ácaro-rajado (Tetranychus urticae) de híbridos de tomateiro resultantes do cruzamento entre linhagens com alto teor de zingibereno (ZGB) e linhagens com alto teor de acilaçúcar (AA), em contraste com as linhagens parentais e testemunhas comerciais. Foram avaliadas linhagens com altos teores de AA, linhagens com alto teor de ZGB, híbridos duplos heterozigotos ZGB+AA, híbridos heterozigotos
more » ... dos heterozigotos para ZGB e híbridos heterozigotos para AA. Os acessos selvagens PI-127826 e LA-716 foram utilizados como testemunhas para alto teor de ZGB e AA, respectivamente, e os genótipos Débora Max e TOM-684 foram utilizados como testemunhas para baixo teor de ambos os aleloquímicos. Os genótipos foram submetidos ao teste de resistência à mosca-branca e ao teste de repelência ao ácaro. Os genótipos duplos heterozigotos apresentaram graus de resistência à mosca-branca superiores aos das testemunhas comerciais e inferiores aos das linhagens com alto ZGB ou com alto AA. Os genótipos duplos heterozigotos apresentaram maior repelência ao ácaro, em relação às testemunhas comerciais, e repelência semelhante à das linhagens com alto ZGB ou com alto AA. Não foi observado efeito sinérgico entre ZGB e AA nos genótipos duplos heterozigotos quanto à resistência à mosca-branca e repelência ao ácaro.
doi:10.1590/s0100-204x2009001000008 fatcat:nsxuu5eajrau5aqsis4oe5zdhm