Determinantes Econômicos do uso de Stock Options em Companhias Brasileiras de Capital Aberto

Isaac Gezer Silva de Oliveira, Annor Da Silva Junior
2018 Enfoque : Reflexão Contábil  
Pretende-se com este estudo identificar os determinantes econômicos que influenciam a utilização de planos de opções por ações (stock options) em companhias brasileiras listadas na Bolsa Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBovespa). Teoricamente o estudo apoia-se na teoria de agência e no corpo de conhecimento acerca da governança corporativa e da remuneração de executivos. Foram traçadas quatro hipóteses de pesquisa concernentes ao desempenho financeiro e valor corporativo; ao
more » ... corporativo; ao endividamento; à concentração acionária; e ao tamanho. A amostra foi composta pelas 100 companhias com ações de maior liquidez e volume para um painel de 6 anos(de 2010à 2015). Os dados foram examinados a partir da regressão logística em painel. Os resultados levam à rejeição da primeira e da quarta hipóteses indicando, no caso da H1, que quanto maior o desempenho financeiro menor é a probabilidade de uso de opções por ações e,no caso da H4, que o tamanho se relaciona negativamente com a probabilidade de uso de opções de ações em seus planos de incentivos aos executivos. A terceira hipótese (H3) não foi rejeitada indicando que a concentração acionária se relaciona negativamente com o uso de opções por ações. Já em relação à segunda hipótese (H2) os resultados não apresentaram significância estatística indicando a ausência de relação entre o endividamento e o uso de opções por ações.Como síntese dos resultados constatou-se que o uso de opções por ações tende a ser utilizado por companhias de menor porte, com menor concentração acionária e de desempenho financeiro menor.
doi:10.4025/enfoque.v37i1.32889 fatcat:n63nxxxqbraprgrsxha3ug7stu