EXTRATOS DE PLANTAS BRASILEIRAS NO CONTROLE DA BACTÉRIA Staphylococcus aureus CAUSADORA DA MASTITE CONTAGIOSA EM BOVINOS LEITEIROS

Solange Cristina Canesin de Oliveira, Letícia Nishi, Daniel Mantovani, Gustavo Affonso Pisano Mateus, Tássia Rhuna Tonial dos Santos, Aline Takaoka Alves Baptista, Raquel Guttierres Gomes, Rosângela Bergamasco
2019 Revista Tecnológica  
A mastite é uma doença inflamatória da glândula mamária de bovinos e outras espécies mamíferas que representa o maior índice de perda na produção leiteira. Entre as diversas bactérias que transmitem essa doença, a Staphylococcus aureus é a mais resistente e que desenvolve a mastite contagiosa, que necessita de um grau maior de medicamentos para seu controle. Por ser a mastite uma doença que afeta um produto nobre do consumidor, é importante que sempre se procure alternativas de tratamento que
more » ... ixem o menor nível de contaminação de resíduos no produto consumido. O uso de produtos provenientes de extratos de plantas que crescem em abundância nos solos brasileiros, para o controle da S. aureus é um dos pontos altamente explorado na biotecnologia. Este trabalho tem como objetivo investigar alguns gêneros de plantas como a Croton, Salvinia, Punica, Chlorea, Alpinia, Mimosa, Erythrina e Mentha que são testadas como antimicrobianos no controle da S. aureus da mastite contagiosa em bovinos leiteiros.
doi:10.4025/revtecnol.v27i1.43745 fatcat:zqf5gcdee5grtfxbtfovavlopu