NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS: ENTRE LEMBRANÇAS, EXPERIÊNCIAS E ARTEFATOS

Luiz Ferreira
2017 Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica  
O artigo compartilha reflexões acerca da minha pesquisa de doutorado, concluída no Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás [2015]. Utilizo como recorte fragmentos narrativos que evocam artefatos da época de infância: um acordeão e uma colcha de retalhos. Tais artefatos subsidiam lembranças circunscritas por experiências de um percurso autobiográfico e narrativo, que tenciona um viés na contemporaneidade, suscitando outras
more » ... , suscitando outras formas de compreender o processo de formação subjetiva que apurou o apreço pela arte e, consequentemente, minha formação e atuação no âmbito da docência em artes visuais. Esse percurso implica um olhar sobre diferentes temporalidades, articulado como possibilidade de narrar experiências próprias, provocar a abertura de trilhas teóricas e metodológicas relacionadas com as descobertas de uma escavação arqueológica de si. Palavras-chave: Narrativa. Autobiografia. Experiência. Artefato. AUTOBIOGRAPHIC NARRATIVES: BETWEEN MEMORIES, EXPERIENCES AND ARTEFACTS In this article, I share reflections from my PhD research, conducted at the graduate program of the faculty of Art and Visual Culture at the Universidade Federal de Goiás [2015]. I use as a research frame fragments of narratives evoking artefacts from my childhood: an accordion and a patchwork quilt. Such artefacts evoke memories based on experience. Written as an autobiographic narrative, anchoring the article in contemporary times thus provokes other ways of understanding the process of subjective formation of an appreciation for art and, consequently, my training and performance in the field of teaching the visual arts. This pathway implies different temporalities, articulating the possibilities to narrate one's own experiences, provoking the opening of theoretic and methodological ways related to findings from an archaeological excavation of the self.
doi:10.31892/rbpab2525-426x.2017.v02.n04.p75-87 fatcat:yitrolocvjgcdpp6wgztmeu4ne