"O futuro não pertence aos globalistas": Donald Trump e a instrumentalização política do nacionalismo

Thiago Godoy Gomes de Oliveira, Lucas Amaral Batista Leite
2021 Revista Conjuntura Austral  
Após a eleição à presidência de Donald Trump em 2016 o debate internacional acerca do nacionalismo ganhou elevada importância. O elemento mais inédito no caso norte-americano corresponde ao fato de o principal agente globalizador, agora, colocar-se contra regimes internacionais dos quais liderou a construção. Este trabalho busca compreender como Trump buscou instrumentalizar e potencializar o sentimento nacionalista no país em seu favor. A pesquisa será realizada a partir da realização de um
more » ... realização de um levantamento bibliográfico de caráter exploratório. Fará uso também da apuração e análise dados de opinião pública coletados por agências especializadas, como o Pew Research Center e Gallup, além de fontes primárias, como discursos proferidos por Trump. O apuramento dos dados, juntamente com a análise realizada, demonstra que o nacionalismo, historicamente identificado como um termo que carrega um significado negativo desde o pós-Segunda Guerra, ganha espaço na esfera doméstica e na política externa dos Estados Unidos. Nessa dinâmica, Trump busca explorar e potencializar sentimentos nacionalistas nas esferas econômica, cultural e étnica.
doi:10.22456/2178-8839.106661 fatcat:w46zf3onxvaejbxvgblaafarmm