Resistência ao cisalhamento da colagem dos compósitos Concise e Transbond XT com e sem agente de união

Alexandre Maêda Neves, Fábio Lourenço Romano, Américo Bortolazzo Correr
2011 Dental Press Journal of Orthodontics  
OBJETIVO: avaliar a resistência ao cisalhamento da colagem de braquetes e o Índice de Remanescente de Adesivo (IRA) dos compósitos Concise e Transbond XT com ou sem agente de união. MÉTODOS: a amostra consistiu de 60 incisivos bovinos divididos em 4 grupos (n=15). Em todos os corpos de prova foram realizados profilaxia com pedra-pomes e condicionamento do esmalte com ácido fosfórico a 37%. Nos Grupos 1 e 2, foram colados braquetes com o compósito Concise, respectivamente, com e sem aplicação da
more » ... e sem aplicação da resina fluida. Nos Grupos 3 e 4, utilizou-se o Transbond XT, respectivamente, com e sem aplicação do XT Primer. Nesses dois últimos grupos, as colagens foram fotopolimerizadas por 40 segundos. O ensaio de resistência ao cisalhamento da amostra foi realizado em máquina Instron à velocidade de 0,5mm/min e, em seguida, foi avaliado o IRA. RESULTADOS: com relação à resistência ao cisalhamento, o Grupo 4 foi estatisticamente superior aos Grupos 1 e 2 (p<0,05) e sem diferença estatística significativa em relação ao Grupo 3 (p>0,05). Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os Grupos 1, 2 e 3 (p>0,05). Como resultados do IRA, o Grupo 3 foi estatisticamente superior ao Grupo 2 (p<0,05), porém sem diferenças estatísticas significativas em relação ao Grupos 1 e 4 (p>0,05). Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os grupos 1, 2 e 4 (p>0,05). CONCLUSÃO: os compósitos Concise e Transbond XT obtiveram valores de resistência adesiva adequados com ou sem a utilização de seus respectivos agentes de união.
doi:10.1590/s2176-94512011000600011 fatcat:ncnab4lfqze6lgvjms64lqa6am