SUPORTE NUTRICIONAL NO PACIENTE IDOSO: DEFINIÇÃO, DIAGNÓSTICO, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO

Júlio Sérgio Marchini, Eduardo Ferriolli, Julio Cesar Moriguti
1998 Medicina (Ribeirao Preto Online)  
RESUMO: Atualmente, vem ocorrendo um aumento importante no número de pacientes idosos submetidos a internação hospitalar, mantidos em casas de repouso ou atendidos em regime ambulatorial, cujo estado nutricional pode ser considerado crítico. Assim, é fundamental que as alterações próprias do envelhecimento sejam o mais precocemente possível diferenciadas dos sinais clínicos de desnutrição. Um alto grau de suspeita clínica de pacientes idosos desnutridos, e que, conseqüentemente, necessitam de
more » ... te, necessitam de terapêutica nutricional, pode ser obtido por meio da história clínica, exame físico e dados laboratorias apropriados. A má nutrição que ocorre no idoso pode ser devida às alterações fisiológicas do envelhecimento, às condições sócio-econômicas, às doenças e à interação entre nutrientes e medicamentos. Assim sendo, as principais causas de má nutrição podem ser catalogadas como secundárias ao envelhecimento, menor rendimento econômico, isolamento, a morte de entes queridos, doenças e outros fatores relacionados. Como resultado, o idoso apresenta sério comprometimento do estado geral e uma maior morbidade e mortalidade em geral. A intervenção nutricional utiliza nutrientes, como fármacos, visando o tratamento de doenças. Por fim, as recomendações têm por objetivo indicar a quantidade mínima de nutrientes que seria adequada para a maioria das pessoas em seu ambiente usual, sem traumas ou doenças. No entanto, as recomendações, para o idoso são extrapoladas das recomendações obtidas para crianças e adultos jovens, nem sempre próprias para o idoso. UNITERMOS: Nutrição. Idoso. Dietoterapia. Medicina, Ribeirão Preto, Simpósio: NUTRIÇÃO CLÍNICA 31: 54-61, jan./mar. 1998 Capítulo V 27 -PARFITT AM et al. Vitamin D and bone health in the elderly. Am J Clin Nutr 36:1014-1031, 1982. Suppl. Recebido para publicaçáo em 30/01/98 Aprovado para publicaçáo em 25/02/98
doi:10.11606/issn.2176-7262.v31i1p54-61 fatcat:awfhotfx2naghkhtfmhriukn24