Análise do intervalo de recuperação e consistência no teste de 1RM

Sergio Eduardo De Carvalho Machado
2009 Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício  
O presente estudo verifi cou se 10 minutos de intervalo no teste de 1RM foram sufi cientes para a recuperação total de força e fidedignidade de seu re-teste 10 minutos após sua aplicação. A amostra foi composta de 20 homens saudáveis e treinados, sem histórico de lesão, com média de idade (23,5 ± 3,69), peso (73,1 kg ± 9,93) e estatura (1,76 m ± 0,05). Para analisar o intervalo de recuperação entre os testes de 1RM utilizou-se um teste t pareado, já para a análise da fidedignidade utilizou-se o
more » ... idade utilizou-se o coeficiente de correlação intra-classe (CCI) para determinar a consistência interna. Somente foi verifi cado um alto índice de CCI, atingindo a fidedignidade (p = 0,000). Conclui-se que o teste de 1RM realizado em um mesmo dia e 10 minutos após apresenta um alto índice de CCI para o exercício de supino em homens familiarizados ao teste, mostrando-se sufi ciente para o intervalo de recuperação para restabelecimento total da força.Palavras-chave: intervalo de recuperação, consistência interna, força, 1RM.
doi:10.33233/rbfe.v4i1.3576 fatcat:m7kandr5effobng4gmm5wddtii