De sinal sonoro a marco sonoro: a recontextualização do berrante no Brasil e sua presença na música raiz do centro-sul brasileiro

Alexsander Jorge Duarte
2019
Presente na história do tropeirismo brasileiro, o berrante é um instrumento feito de chifre de boi que, até à década de 1980, tinha como objetivo agrupar a boiada transportada pelos peões e estabelecer a comunicação entre estes. De acordo com a perspectiva de análise proposta por Murray Schafer, este instrumento constituía-se num importante sinal sonoro presente na paisagem sonora do Brasil rural. O desenvolvimento das tecnologias associadas ao trabalho no campo e ao transporte do gado promoveu
more » ... te do gado promoveu a migração do berrante do contexto de trabalho para o contexto da música sendo resssignificado e transformado numa importante marca sonora associada a categorias veicularmente designadas como música raiz (aqui se incluem os segmentos música caipira e/ou sertaneja). Procuro apresentar, a partir da proposta de Murray Schafer e Barry Truax, uma análise do berrante no panorama da paisagem sonora rural brasileira e analisar a dinâmica de recontextualização deste no processo de migração de seu estatuto de instrumento de trabalho para um outro constituinte e identificador de um repertório musical. O conceito de paisagem cantada é adotado como principal ferramenta de análise uma vez que no romance – gênero cantado e central da música raiz - a poética-narrativa atua como testemunha da história do universo designado por caipira.
doi:10.34624/postip.v2i0.1279 fatcat:zb2zqhsmkfec7csbmmnhudvz4a