Entregar o Filho para Adoção é Abandoná-lo? Concepções de Profissionais da Saúde

Bruna Maria Corazza Martins, Suane Pastoriza Faraj, Samara Silva dos Santos, Aline Cardoso Siqueira
2015 Psicologia: Ciência e Profissão  
Resumo O presente estudo objetivou conhecer a percepção de profissionais da saúde sobre o abandono e a entrega de crianças, assim como os motivos que levam uma mãe abandonar ou entregar o filho para adoção. Participaram desse estudo sete profissionais da saúde, com formação em técnico de enfermagem, enfermagem e medicina. O tempo de experiência das profissionais variou de cinco meses a 23 anos. Os dados foram obtidos através de uma entrevista semiestruturada, que abordou a opinião das
more » ... tes sobre o abandono e a entrega de bebês, bem como possíveis motivações para essa ação. As respostas foram analisadas qualitativamente, sendo obtidas três categorias: 1) Diferentes rumos: a entrega como abandono ou como cuidado; 2) Possíveis explicações para a decisão de entregar um filho para adoção e 3) Antes do abandono: fatores que permearam esse ato. Discute-se a influência de concepções sociais e de crenças pessoais sobre maternidade, a entrega e o abandono de crianças.
doi:10.1590/1982-3703002352013 fatcat:6offzjpcgrfdpb6k2mprgm6o4y