A INTERSETORIALIDADE: UMA ESTRATÉGIA DE GESTÃO PARA AMPLIAR A OFERTA DE VAGAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EM SALVADOR/BA

Jomária Alessandra Queiroz De Cerqueira, Araujo Uneb, Gestec, Nugef, Ba Cristiane, Regina Dourado, Vasconcelos Uneb, Gestec, Nugef, Ba, Mércia Ramos, Xavier Uneb (+3 others)
1997 Sueli Nascimento (2010) e Maslova Noleto   unpublished
Este artigo é resultado de pesquisas bibliográficas e documentais e objetiva apresentar uma reflexão sobre a prática da intersetorialidade no setor público e sobre parcerias existentes entre o setor estatal e a sociedade civil. Essas parcerias estão fundamentadas por muitos dispositivos legais, entre os quais citamos a Constituição Federal de 1988, que trata da possibilidade de participação social na execução das políticas públicas e da maior autonomia por parte dos municípios para executar as
more » ... s para executar as ações públicas de forma articulada com outros setores da sociedade. Nesse sentido, esse artigo aborda a prática da intersetorialidade como proposta para a melhoria da qualidade das políticas públicas na área da educação, bem como, como alternativa para garantir a oferta quantitativa e qualitativa da Educação Infantil no país. Essa análise parte do pressuposto de que as limitações estruturais do Estado brasileiro, nas suas diversas dimensões (nacional, estadual e municipal) criam demandas de articulação de parcerias intersetoriais. Estas parcerias por sua vez, visam otimizar os recursos e processos que envolvem a oferta de vaga nas várias etapas de ensino. Os conceitos abordados neste artigo são fundamentados na análise de referências de pesquisadores empenhados nos estudos das relações de parcerias entre o Estado e os demais setores econômicos da sociedade, entre os quais, podemos citar Fernando Luiz
fatcat:f5xyqjfnefdktmy2xagwo4oifa