A diferença no cenário familiar, a inclusão escolar e a Terapia Ocupacional

Juliana Fonsêca de Queiroz Marcelino
2013 Cadernos de Terapia Ocupacional  
Based on discussions and studies carried out on the topic, the text talks about the stigma of disability, the family, and the investment in children's schooling under the guidance of some authors who discuss such issues. Stigma is a term that was once considered as reference for a evidence body, but it is widely used to mean discomfort with difference and exclusion. The concepts of identity and difference are important in the discussion about disability, they are interdependent and inseparable,
more » ... nt and inseparable, and they will constitute the identity of the self-other relationship. In the scenario of education, the development stages of care for people with disabilities are exclusion, institutional segregation, integration, and inclusion. The occupational therapist is a professional who holds great commitment in his work with the inclusion of schoolchildren and their future in their insertion in the labor market. Professional support often facilitates the deconstruction of concepts and ideas related to the impossibility of social inclusion of disabled people and it plays an important role in the family investment. Resumo: Baseado em estudos e discussões realizados, o artigo aborda o estigma da deficiência, a família e o investimento na escolarização da criança. Estigma é um termo que foi considerado como uma referência à evidência corporal, mas é amplamente usado com o significado de mal-estar diante da diferença e da exclusão. Os conceitos de identidade e diferença são importantes na discussão sobre a deficiência, são interdependentes, inseparáveis, e é na relação eu-outro que se constitui a identidade. No cenário da educação, as fases de desenvolvimento da atenção às pessoas com deficiência são: exclusão, segregação institucional, integração e inclusão. O terapeuta ocupacional é um profissional que em sua atuação assume grande compromisso com a inclusão escolar da criança e, no futuro, com a sua inserção no mundo do trabalho. O suporte profissional, muitas vezes, facilita a desconstrução de conceitos e ideias relacionadas à impossibilidade de inclusão social da pessoa com deficiência e tem importante papel no investimento familiar.
doi:10.4322/cto.2013.023 fatcat:hfswixttlfaqdg3hsv4fvihug4