Prevalência e fatores associados às alterações neurocognitivas em adultos infectados com HIV-1 via transmissão vertical [thesis]

Sarah Moura Silvany
Prevalência e fatores associados às alterações neurocognitivas em adultos infectados com HIV-1 via transmissão vertical Dissertação apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo para a obtenção do título de Mestre em Ciências. Programa de Doenças Infecciosas e Parasitárias Orientador: José Ernesto Vidal Bermúdez SÃO PAULO 2018 DEDICATÓRIA Aos pacientes do SEAP que confiaram em meu trabalho e compartilharam comigo não somente informações que eram necessárias para a elaboração
more » ... para a elaboração desse trabalho, mas histórias de uma vida. A partir de vocês pude evoluir como profissional e como pessoa. Ao meu avô (in memoriam), uma de minhas grandes referencias e maior incentivador da minha carreira acadêmica. A minha avó, que desde cedo, através de suas ricas e prazerosas conversas, me mostrou a importância do aprendizado em todas as suas formas. Ao meu pai (in memoriam), perder você durante esse processo foi difícil. Saber que desejaria que eu finalizasse esse projeto me fez ir até o fim. A minha mãe, meu maior exemplo de ser humano e de profissional. Sua resiliência, fé e boa energia foram o combustível para eu chegar até aqui e para que eu siga em frente . AGRADECIMENTOS Ao meu orientador Prof. José Ernesto Vidal Bermúdez, por sua contribuição, compreensão e seu apoio na realização desta pesquisa. A Dra. Maria Rita Polo Gascón, que desde o início da minha trajetória em São Paulo se tornou o meu norte e o meu porto seguro. Fonte inesgotável de conhecimento e de empatia, você tem toda a minha admiração e respeito, sem você este trabalho não teria sido realizado. Ao programa de Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas e Parasitárias da FMUSP, pelos ensinamentos e suporte financeiro a esta pesquisa. Em especial a Roseli Antonia Santo, quando eu ainda não era aluna da pós compartilhou comigo parte de sua longa e admirável trajetória dentro da MI. Obrigada por toda atenção, compreensão e paciência com a qual lidou comigo durante esses anos. A toda equipe multiprofissional do SEAP, pela disponibilidade e acolhimento. Um agradecimento especial a enfermeira Camila Picone que desde o inicio desse estudo, de maneira acolhedora, se colocou completamente disponível para me ajudar em tudo que fosse possível e assim o fez. Aos meus amigos, em especial a Fernanda Bastos, Luiza Becher e Mayra Lima, obrigada pelas contribuições e suporte quando precisei de vocês nesses últimos anos. Obrigada. Esta dissertação está de acordo com as seguintes normas, em vigor no momento desta publicação: Referências: adaptado de International Committee of Medical Journals Editors (Vancouver).
doi:10.11606/d.5.2019.tde-04072019-081734 fatcat:dwcij4rylbea3mmobxqfdftvxm