Aprendizagem Colaborativa na Web

Maria De, Fátima Franco
unpublished
Em 2005, ao criar uma lista de discussão para professores interessados em blogs, o objetivo era descobrir como esta ferramenta funcionava e como inseri-la nas atividades diárias da escola. Esta foi, para muito professores, a primeira oportunidade de participar de uma lista de discussão, de aprender a aprender, de colaborar, de tirar dúvidas. Era um período em que os blogs ainda exigiam conhecimentos de HTML e tivemos até mesmo um curso, oferecido pela colega do grupo, a Ana Laura, que nos
more » ... aura, que nos ensinou a desvendar os mistérios daquela linguagem complicada e desconhecida. Pode-se dizer que, na época, éramos iletrados digitais. Sabíamos como usar o computador, mas não sabíamos tirar o melhor proveito dele e, muito menos, inseri-lo nas atividades didáticas. Durante estas trocas, no entanto, fomos aprendendo e nos tornando professores conectados, que puderam, com o tempo, ser citados como exemplos para outros colegas. Esta é uma das vantagens da aprendizagem colaborativa em rede: trocar experiências, descobrir o que dá certo, compartilhar os sucessos e os fracassos e receber sugestões de uso de novas metodologias e novas descobertas na rede. Compartilhar de tal forma, que a lista de discussão pode tornar-se uma comunidade virtual de aprendizagem colaborativa. Aquela onde,segundo Souza (2002), "a socialização,o contexto e as interações permitem a construção significativa de referenciais particulares, numa configuração dificilmente alcançada pelos espaços tradicionais de ensino e aprendizagem." Espaços formais de aprendizagem que, com raras exceções, ainda não incorporaram em seus currículos a aprendizagem e a nova pedagogia
fatcat:wugfbuyknfcbzi75hzh6tlzbzm