A natureza da ciência nos currículos de ciências-Estudo do currículo de Ciências Naturais do 3º ciclo do ensino básico

Sílvia Ferreira, Ana Morais
2010 Revista Portuguesa de Educação   unpublished
Resumo O estudo analisa em que medida a mensagem sociológica transmitida pelo Discurso Pedagógico Oficial veiculado no currículo de Ciências Naturais do 3º ciclo do ensino básico português contempla a natureza da ciência. A investigação apresenta pressupostos epistemológicos e sociológicos e está particularmente baseada na teoria do discurso pedagógico de Bernstein e na conceptualização de Ziman sobre a construção da ciência. O estudo usou uma metodologia mista e seguiu um processo dialéctico
more » ... ocesso dialéctico entre o teórico e o empírico. Os resultados do estudo mostraram que a construção da ciência está, em geral, presente no currículo mas que a dimensão sociológica externa é a única dimensão com elevado estatuto. Este baixo estatuto geral atribuído à natureza da ciência é reforçado com a elevada ausência, no currículo, de relações intradisciplinares entre conhecimentos científicos e metacientíficos. Os resultados evidenciaram ainda que o Ministério da Educação deixa implícitos para os professores, mesmo quando eles estão presentes, não apenas os conhecimentos metacientíficos a apreender e as competências metacientíficas a desenvolver, mas também as relações intradisciplinares entre conhecimentos científicos e metacientíficos. Encontraram-se diferenças entre os dois documentos do currículo-Competências Essenciais e Orientações Curriculares-que evidenciam processos de recontextualização. Estes resultados são discutidos e exploram-se as suas consequências em termos de aprendizagem científica. Palavras-chave Educação científica; Currículos; Natureza da ciência; Intradisciplinaridade Introdução Actualmente, e a partir dos anos setenta do século XX, tem-se vindo a desenvolver a ideia de que a educação científica deve englobar uma vertente 10_Silvia_Ferreira 12.06.
fatcat:smgptoozorb5dc4czpus5tunvi