Remuneração dos executivos e os desempenhos econômico-financeiro e socioambiental das empresas do IBRX-50

Aline de Araújo dos Santos Ramos, Janaína da Silva Ferreira, Alessanderson Jacó de Carvalho, Lucas Martins Dias Maragno
2022 Revista Ambiente Contábil  
Objetivo: Este estudo objetivou analisar as relações entre a remuneração dos executivos e os desempenhos econômico-financeiro e socioambiental das empresas brasileiras de capital aberto. Metodologia: A amostra do estudo compreende as empresas do Índice Brasil 50 (IBrX-50), carteira de maio a agosto de 2020. Após exclusões a amostra final da pesquisa compõe 34 empresas, um total de 68 observações e o período de análise de 2018 a 2019. Os dados foram coletados manualmente no item 13 do Formulário
more » ... de Referência e no website de cada empresa. Para a análise dos dados utilizou-se de técnicas estatísticas, como descritivas, correlações e regressões lineares múltiplas. Resultados: No modelo 1 as variáveis Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE) e Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) apresentaram relações significativas e negativas com a Remuneração Total Média (RTM), indicando que quanto maior o ROE das empresas, menor é a RTM. Também, a variável Endividamento (ENDIV) apresentou uma relação significativa e positiva, onde quanto maior o ENDIV da empresa, maior é a RTM. Para o modelo 2 de Remuneração Fixa (RF), o ROE também apresentou relação significativa e negativa. As variáveis Lucro por Ação (LPA) e ENDIV apresentaram uma relação significativa e positiva, indicando que maiores valores nessas variáveis irão aumentar a RF dada aos executivos. Contribuições do Estudo: Este estudo contribui para literatura sobre remuneração e desempenho ao acrescentar variáveis socioambientais ao arcabouço teórico e prático por meio da interconexão da remuneração dos executivos. Assim, foi possível compreender novas relações entre os fatores econômico-financeiros tradicionais e socioambientais, ao mesmo tempo que, a boa comunicação e as boas práticas de governança com os stakeholders apresentam resultados positivos para a organização.
doi:10.21680/2176-9036.2022v14n2id26094 fatcat:fmumz6anrbcebh565kjnsw2cba