A composição isotópica do CO2 respirado e sua variabilidade sazonal na Amazônia Oriental [thesis]

Françoise Yoko Ishida
A composição isotópica do CO 2 respirado e sua variabilidade sazonal na Amazônia Oriental Françoise Yoko Ishida Tese apresentada para obtenção do título de Doutor em Ecologia Aplicada 4 AGRADECIMENTOS Certo dia o filósofo e poeta Ralph W. Emerson disse: "A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração da alma que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você". Estas palavras traduzem de forma inequívoca minha
more » ... inequívoca minha gratidão aos meus orientadores: Plínio Barbosa de Camargo, Jean Pierre Ometto, James Ehleringer (Jim) e Luiz Antônio Martinelli (Zebu). Obrigada por toda a paciência e dedicação do início ao fim deste trabalho, que se tornou real com a ajuda de Deus e porque vocês um dia acreditaram em mim. Ao projeto LBA (CD-02), pelo apoio logístico e concessão de auxilio a pesquisa durante 2 anos. Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pela concessão da bolsa de doutorado por 2 anos. Ao curso de Pós-Graduação Interunidades "Ecologia Aplicada" da Esalq-CENA, pela oportunidade de fazer parte do corpo discente. A cidade de Santarém do Pará, lugar que foi meu endereço e onde realizei as coletas deste estudo por 2 anos memoráveis de minha vida. Ao sr. Sabino e D. Neli, pelo cuidado nos acampamentos-base e pelas maravilhosas refeições feitas com carinho e primor. A toda equipe de logística de Santarém, ao querido escudeiro Haroldo Jackson, Nego, Roberto e Vanderlei pelo auxilio nas coletas de campo. Aos amigos mocorongos: "Arigó", Kadson, Gabi, Risonaldo, Williams, Eráclito, Jadson, Mel, Hudson, Rose, Cleber, Cleuton, Michela e Zé pela companhia e as risadas inesquecíveis vividos em Santarém. À cidade de Piracicaba por ter me acolhido de forma impar. Aos técnicos Edmar Mazzi, Toninha e Geraldo pela ajuda nas análises isotópicas. À querida Neuza, que no papel de secretária foi impecável ao me receber carinhosamente aqui no Laboratório e a Regina Freitas, a nossa secretária do programa Interunidades que sempre nos trata com carinho e respeito. 5 À Dani, Ivan, Sandroca, Salomão, Dri e Van, os primeiros colegas que fiz quando cheguei à sala de alunos e hoje amigos. A Gina Cardinot, Gabriela Nardoto, Tomas Domingues e Simone Vieira, uma amizade que ultrapassou os limites de campanhas de campo iniciados na Amazônia, mantendo-se até hoje. À amiga e conselheira científica Luciene Lara, pela amizade e apoio sempre. Aos amigos e colegas do LEI (laboratório de ecologia isotópica): Fabiana, Eloise, Erich, Daniel V., Carolina e Markitos Caramelo, pela amizade e momentos inesquecíveis de rara prova de amizade e convivência. Ao pessoal do "lado de cá": Tati, Tina, Eduardo, Maria e Eráclito -e "do lado de lá": Carol, Fernando, Fátima, Jadson, Urso, Joba, Rodrigão, Maira, Vânia, Carlão, Marcos Bolson e Peixe. Obrigada pelos momentos descontraídos nas horas das refeições e no dia-a-dia! Ao querido "dad" Eric Davidson, cientista e amigo fantástico que me deu a oportunidade de trabalhar por vários anos no Instituto de Pesquisa da Amazônia (IPAM) e no LBA, com quem aprendi muito da arte de fazer ciência. À Prof.ª Mercedes e Michael Keller, obrigada pela amizade e confiança. À amiga Maria Del Carmen, que mesmo longe, sempre teve tempo para a nossa amizade, seja nas horas fáceis ou difíceis. Ao meu amigo Moacyr Dias-Filho, sempre com conselhos de suma importância para a minha vida profissional e pessoal. Aos amigos piracicabanos, fora do circuito acadêmico, Sr. Pedro e Mara, Amauri, Sr. Orlando e Edna obrigada pelo carinho, amizade e cuidado comigo e com meu filhote de todas as horas: Galileu. Ao sorriso cativante do Lorenzo e seus pais Kátia e Erik, pela amizade e apoio sempre, e em todas as horas. A Vanessa, Dani, Michela, Zé Mauro, Simoni, BethE, Carol, Tati, Eráclito, Caramelo e Galileu, companheiros de farra, risadas, por vezes suporte de pancadas! Provas vivas que amizade se constrói baseada não somente por momentos agradáveis, mas certamente quando as adversidades da vida surgem. Ao querido amigo Alexandre Santos, pela amizade e apoio desde quando comecei a rascunhar as primeiras palavras desta tese até a finalização da mesma. Onde quer que estejas! 7
doi:10.11606/t.91.2007.tde-25102007-113800 fatcat:n74x254junfm5i24aghhk2jcgy