O combate de uma vida-de-professora-pesquisadora à redacionalização da escrita no Ensino Médio

Viviane Cristina Maruju, Sônia Regina da Luz Matos, Flávia Brocchetto Ramos
2020 Raído  
Este artigo problematiza as práticas de escrita redacionalizadas pelas demandas utilitárias do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Objetiva apresentar uma proposta de combate de uma vida-de-professora-pesquisadora à redacionalização da escrita no Ensino Médio. Para tanto, mune-se dos conceitos de "escritura" e de "biografema" do crítico literário francês Roland Barthes, bem como dos traços do de inutilezas, do poeta Manoel de Barros, a fim engendrar pela Política do Texto (COSTA, 2017) um
more » ... (COSTA, 2017) um combate às práticas de escrita redacionalizadas nessa etapa da Educação Básica. Tramado metodologicamente ao modo de cenas-biografemáticas de uma vida-de-professora-pesquisadora em uma sala de aula de escola pública; as cenas são parte do combate que propõe pela escritura-biografemática das inutilezas de uma língua um escape mínimo às demandas utilitárias do escrever no Ensino Médio.
doi:10.30612/raido.v14i34.10433 fatcat:ngc2wyz2azb25d7vwr3whkzrze