Confiança organizacional e compartilhamento e uso do conhecimento tácito

Reinaldo Costa de Almeida Rêgo, Joaquim Rubens Fontes Filho, Diego de Faveri Pereira Lima
2013 RAE: Revista de Administração de Empresas  
Este estudo investiga a influência da confiança organizacional no desejo de usar e compartilhar o conhecimento tácito, baseado em hipóteses sobre a relação entre capacidade, benevolência e integridade nesse desejo. A amostra foi formada por 655 militares do Exército, instituição caracterizada por cultura de elevada exigência de confiança individual e organizacional, coletada em três instituições de formação de oficiais. O uso da técnica de modelagem de equações estruturais (partial least
more » ... artial least square) apresentou resultados que sugerem que esse desejo não é significativamente influenciado pela intensidade da confiança organizacional, definida com base na capacidade, benevolência e integridade dos indivíduos. Esses resultados refutam pesquisas anteriores de Holste e Fields, que destacam a influência do fator afeição no compartilhamento e o fator cognição no uso do conhecimento tácito, indicando a necessidade de compreender melhor os estímulos ao uso e compartilhamento do conhecimento dentro das estruturas organizacionais.
doi:10.1590/s0034-75902013000500007 fatcat:ffdrzvmod5fgrew5y3o5igwuri