Meningite neonatal por Streptococcus pyogenes e trombose de seio sagital: relato de caso

VERA LÚCIA JORNADA KREBS, LUCIANA NAVARRETTI CHIEFFI, MARIA ESTHER JURFEST RIVERO CECCON, EDNA MARIA DE ALBUQUERQUE DINIZ, RUBENS FEFERBAUM, CARLOS AUGUSTO TAKEUCHI, MARIA JOAQUINA MARQUES-DIAS, JORGE DAVID AIVAZOGLOU CARNEIRO, FLÁVIO ADOLFO COSTA VAZ
1998 Arquivos de Neuro-Psiquiatria  
Relatamos um caso de meningite por Streptococcus pyogenes em menina de 18 dias de vida, com evolução complicada por trombose de seio sagital. São discutidos alguns aspectos da patogênese, tratamento e seguimento da doença. Frente ao aumento mundial das infecções estreptocócicas graves nos últimos 10 anos, é provável que a meningite neonatal por Streptococcus pyogenes se torne mais frequente no futuro, sendo importante estar alerta para o diagnóstico precoce e as possíveis complicações dessa infecção potencialmente letal.
doi:10.1590/s0004-282x1998000500021 pmid:10029890 fatcat:3g634h7itfd73d5lasch4dch5u