Caminhos para a transformação de uma realidade local: uma experiência de aprendizagem social para a sustentabilidade na comunidade da Lomba do Pinheiro - o caso do Arroio Taquara [thesis]

Daniele Tubino Pante de Souza
por tantos ensinamentos, pela dedicada e precisa orientação e por estar sempre presente de uma forma extremamente humana em momentos que foram desafiadores durante essa caminhada. Ao meu coorientador Prof. Arjen Wals, por generosamente me receber na Universidade de Wageningen, pela orientação cuidadosa e por me apresentar desafios que "me tiraram da zona de conforto". Agradeço também a sua família por todo apoio durante o período no exterior. Aos colegas Edson Grandisoli e Diógenes Valdanha
more » ... ógenes Valdanha Neto, pela rica troca de ideias e a todos os colegas do grupo de pesquisa que compartilharam comigo essa trajetória. Aos colegas Ana Cristina Vellardi, Diego Monteiro e Gabriel Fernandes, que também fizeram parte dessa jornada. A todos os colegas do grupo Education and Learning Sciences da Universidade de Wageningen, pelas discussões que enriqueceram esta pesquisa e pela convivência alegre. Aos amigos do grupo de estudos, Breno Strssmann, Matheus Strussmann, Olga Togni, Paulo Bittencourt, Sérgio Esteves e Vivian Rubia, pelo apoio e pelas aventuras filosóficas. Aos colegas e amigos da Unisinos. Especialmente, agradeço ao Prof. Adalberto Heck e ao Prof. Vilmar Mayer, por tornarem possível a compatibilização de minhas atividades docentes com a realização de meus estudos em São Paulo, organizando tudo da melhor maneira. Ao colega Paulo Carvalho por sua importante colaboração com este trabalho. Ao Prof. Euler Sandeville Jr. pelos ensinamentos junto à comunidade de Perus/SP. À Profa. Renata Ferraz de Toledo pela rica contribuição a esta pesquisa no exame de qualificação. Ao Prof. João Figueiredo por me despertar para a obra de Paulo Freire. À Profa. Janice Jiggins e ao Prof. Niels Röling pelas conversas inspiradoras. À Profa. Teresinha Guerra por sua ampla contribuição a este trabalho. Ao Prof. Heinrich Hasenack pela colaboração de longa data e por me apresentar a Lomba do Pinheiro e o seu significado. À Isadora Kuhn e ao Philipe Berman por generosamente me receberem em suas casas durante o período de disciplinas em São Paulo. À minha amiga Camila Rossi, pelo carinho e também por tantas vezes me acolher em sua casa em São Paulo. À minha amiga Eugenia Kuhn, por sempre me estender a mão quando preciso, por me ouvir tão atentamente e por sempre trazer tanta clareza e lucidez. A todos os meus amigos, pelo apoio emocional, pelo incentivo e pela paciência. Agradeço, de forma muito especial, à comunidade da Lomba do Pinheiro e a todos com quem lá convivi. Meu sincero muito obrigada por me ensinarem sobre o que é escutar, compartilhar, persistir e resistir, apesar de tudo; por acreditarmos juntos que é possível construir um mundo melhor e mais justo; por terem me propiciado um encontro com uma dimensão tão profundamente humana. Essa jornada envolveu momentos difíceis, superados com o apoio da minha família. Agradeço à minha mãe, Elenice, por ser um exemplo de força e determinação e por me incentivar sempre a seguir todos os meus sonhos. Ao meu pai, Sérgio, pela amorosidade e por sorrir sempre, mesmo quando as coisas não são fáceis. Ao meu irmão querido, Herculano, por todo carinho e cumplicidade, por ser meu exemplo de dedicação, de disciplina e de superação. À minha cunhada, Paula, por saber ouvir de um jeito tão bonito. Aos meus tios Márcio e Rita por serem uma inspiração para mim, desde sempre. Ao meu tio Eclair (in memoriam) pelas conversas profundas e pelos ensinamentos para a vida. À Olga e à Sônia, por me ajudarem e me acolherem sempre que precisei. Aos meus queridos avós Adelina, João e Zilah, por todo amor. Enfim, muito obrigada a todos aqueles que, de alguma maneira, participaram dessa caminhada, que foi, acima de tudo, transformadora. Uma das questões centrais com que temos de lidar é a promoção de posturas rebeldes em posturas revolucionárias que nos engajam no processo radical de transformação do mundo. A rebeldia é ponto de partida indispensável, é deflagração da justa ira, mas não é suficiente. A rebeldia enquanto denúncia precisa se alongar até uma posição mais radical e crítica, a revolucionária. A mudança do mundo implica a dialetização entre a denúncia da situação desumanizante e o anúncio de sua superação, no fundo, o nosso sonho. ABSTRACT SOUZA, D.T.P. Pathways to transform a local reality: a social learning experience for sustainability in the community of Lomba do Pinheiro. The case of the Taquara Stream. 175f. PhD thesis. Graduate Program in Environmental Science of the Institute of Energy and Environment of the University of São Paulo, São Paulo, 2019. This Thesis is composed of two articles that were written with a common goal: to reflect on the relationship between learning processes and the development of practices for sustainability. The topic was studied in the context of collective learning processes observed in an initiative located in the neighbourhood of Lomba do Pinheiro, in the city of Porto Alegre/RS, which goal is the socio-ecological recovery of the area comprised by a local watershed: the Taquara Stream Watershed. The case of the Taquara Stream comprises a typical condition of socio-ecological vulnerability and represents a pressing problem in a large number of Brazilian cities: the widespread environmental degradation and contamination of urban watercourses. The hypothesis of this research is that social learning processes constitute a pathway to promote advancements in sustainable practices in communities located in urban areas of socioecological vulnerability. In the community of Lomba do Pinheiro, the group that leads this local initiativecalled the Taquara Stream Watershed Working Group (WG)is composed of local residents and members representing the public sector and local educational institutions. The interaction of these actors occurs within a dialogical space. Group's activities are based on a practical-reflexive approach aimed at implementing a sequence of actions that seek to promote the critical engagement of the local community and stakeholders, improve local socioecological conditions, and stimulate more sustainable practices. The research strategy was the case study and utilised methodological procedures were: participant observation, semistructured and in-depth interviews, focus group and expert panel. The research applied a multidimensional analytical framework that included an individual, collective and territorial dimensions. The first article of this Thesis sought to (1) critically analyse and evaluate, from the social learning perspective, the local process promoted by the WG and (2) identify how local conditions, largely determined by a context of vulnerability, have influenced collective learning practices. This article highlighted a number of factors that facilitated the promotion of learning among WG members and the advancement of the initiative in the territory. Also, it stressed blockages to this process, in the studied context. The second article sought to identify lessons from the investigated processes based on concepts derived from the works of Paulo Freire and Humberto Maturana. This article highlighted the importance of a relational approach in fostering collective learning processes and derived three principles that can guide such processes. Finally, an analytical synthesis in dialogue with specialists and a descriptive model of the process, integrated the results of this research.
doi:10.11606/t.106.2019.tde-04102019-085434 fatcat:xlmvjszywbbn3hugsl24jjq6qi