USOS DO PASSADO E ESTATUÁRIA NAS REFORMAS URBANAS EM RECIFE NO INÍCIO DO SÉCULO XX USES OF THE PAST AND STATUARY IN THE URBAN REFORMS OF EARLY-TWENTIETH-CENTURY RECIFE

Rafael Silva, Renato Pinto
unpublished
Resumo: Propõem-se pôr em prática um estudo acerca dos Usos do Passado Clássico em uma dimensão visual social que pretendia uma legitimação do processo de construção de modernidade em Recife nas primeiras décadas do século XX. Especificamente, a abordagem se prenderá às estátuas importadas da Fundição Val d'Osne localizadas na ponte Maurício de Nassau, ponto expressivo na história urbanística da cidade de Recife. Abstract: This paper aims to carry out a study about the Uses of the Classical
more » ... f the Classical Past as a visual and social dimension that sought to legitimize the process of modernity construction in Recife in the first decades of the twentieth century. Essentially, the focus here is on the statues imported from the Val d'Osne art foundry and thenceforth placed on the Maurício de Nassau Bridge, a distinct feature in the urban history of the city of Recife. INTRODUÇÃO Centro do Recife, ligando o bairro de Recife ao bairro de Santo Antônio, está a Ponte Maurício de Nassau (Figura 1). Na paisagem do centro da urbe recifense, tão marcada pelos rios e pontes, a supracitada é matéria de destaque. Erguem-se nesta ponte quatro estátuas, altaneiras, depositadas acima de pedestais, duas em cada extremidade. Ladeando o passeio público, esses monumentos mostram quatro mulheres, que remetem, marcadamente, à Antiguidade Clássica. Vê-se que a Ponte Maurício de Nassau, para além de ligar uma margem à outra de uma localidade física, faz também, através de tais estátuas, uma vinculação com símbolos de aspectos do passado greco-romano. Entretanto, em qual contexto tal processo ocorre? Justamente é esta problematização que se pretende neste trabalho, visto que a postura de tais imagens está inserida em um processo de modernização de inícios do século XX no Brasil (Lubambo 1991, p. 20) que prenuncia mudanças em vários aspectos de uma emergente sociedade moderna. Buscar-se-á entender como, através de um recurso iconográfico, há uma instrumentalização do passado clássico na intenção de legitimar a instalação de uma modernidade para o espaço visual da cidade.
fatcat:w3ejmk6jnrfcbkb3br3rmce5ii