Meningite tuberculosa: avaliação do desempenho do Xpert MTB/RIF Ultra para o diagnóstico

Savyla Franciele Soares Silva, Camila Aparecida Nunes de Albuquerque, Sueli Lemes de Ávila Alves, Heberson Alves de Oliveira, Rhalcia Cristina de Melo Lima, Edna Joana Cláudio Manrique
2022 Research, Society and Development  
Objetivo: Avaliar o desempenho diagnóstico do Xpert MTB/RIF Ultra para meningite tuberculosa em amostras de líquido cefalorraquidiano. Trata-se de um estudo do tipo transversal quantitativo retrospectivo desenvolvido a partir de informações obtidas dos registros da seção de Micobactérias do Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros – LACEN-GO no período de novembro de 2019 a janeiro de 2021. Foram calculados os valores de sensibilidade, especificidade, valor preditivo
more » ... (VPP) e valor preditivo negativo (VPN) e seus respectivos intervalos de confiança de 95%. Um total de 247 amostras de líquido cefalorraquidiano foram incluídas no estudo no período analisado, sendo que houve crescimento do Complexo Mycobacterium tuberculosis (CMT) na cultura sólida em duas (0,8%) amostras e o Xpert MTB/RIF Ultra detectou 11 (4,5%) amostras com material genético e de acordo com a técnica os resultados obtidos foram classificados em: traços (n= 6), muito baixo (n= 1) e baixo (n= 4). Ao avaliar o desempenho do Xpert verificou a sensibilidade de 100% (IC 95% 16-100), especificidade de 96% (IC 95% 93-98), VPP 18% (IC 95% 18-30) e VPN de 100% (IC 95% 100-100). Em conclusão, o Xpert MTB/RIF Ultra apresentou uma sensibilidade e especificidade alta para o diagnóstico de meningite tuberculosa, apesar desta última ter sido ligeiramente reduzida. Esses resultados demonstram que o Xpert MTB/RIF Ultra apresenta melhorias que contribuem significativamente para a identificação dos casos de meningite tuberculosa.
doi:10.33448/rsd-v11i3.26889 fatcat:ffcaljnccbd5pezvli4bzdzkpu